Catolicismo - Acervo
Busca Google dentro do Site:
«
»
<<       Página 1       >>


AS NAÇÕES SE LEVANTARAM E A PROCLAMARAM BEMAVENTURADA

Aproveitando a oportunidade do XXXVI Congresso Eucarístico Internacional, procuramos entrar em contacto com alguns dos Eminentíssimos Cardeais, e dos Exmos. Arcebispos e Bispos que nos visitaram, afim de obter para nossos leitores informações sobre a devoção a Nossa Senhora e sobre os santuários marianos nas várias partes do mundo.

Tendo alguns dos ilustres entrevistados se dignado nos enviar novos dados pelo correio, que somente agora chegaram a nossas mãos, preferimos sustar a publicação até este número, para poder apresentar este impressionante conjunto que permitirá aos nossos leitores sentir, como nós mesmos sentimos, a universalidade da devoção que o povo católico consagra a Mãe de Deus.

"Pelo sofrimento se chegará à gloria"

UM dos mais belos dentre os antigos e veneráveis ritos orientais é o dos armênios, que se deve aos Santos Sahac e Mesrop. Este povo, evangelizado e converti do por S. Gregório o Iluminador, nos fins do III século, foi depois atingido pelo cisma do Oriente; converteu-se porém novamente à fé católica, mantendo sua liturgia primitiva. O Patriarca de então, para testemunhar a sinceridade de sua união à Santa Sé, incorporou ao seu nome o de Pedro, e desde essa época todos os Patriarcas armênios católicos, seguindo o belo exemplo desse seu antecessor, usam o nome Pedro com o respectivo número de ordem na sucessão.

É o atual Patriarca da Cilicia dos Armênios Sua Eminência o Cardeal. Gregório Pedro XV Agagianian, figura exponencial do Sacro Colégio, e Presidente da Pontifícia Comissão de Redação do Código de Direito Canônico Oriental. O egrégio Príncipe da Igreja esteve entre nós por ocasião do Congresso Eucarístico, e aproveitamos o ensejo para beijar-lhe a sagrada púrpura e pedir as informações que desejávamos.

Como sabem os nossos leitores, a Armênia está situada entre a Rússia, a Turquia e a Pérsia, a sudeste do Mar Negro. Nação independente durante séculos, atualmente - disse-nos Sua Eminência iniciando a entrevista - está subjugada pelos comunistas, e seu povo em grande parte disperso pelo mundo, sendo que as comunidades mais importantes se encontram no Oriente Próximo, sobretudo no Líbano, Egito, Síria e Palestina.

Lembramos que na Idade Média parte do povo armênio emigrou para a Cilicia, região montanhosa ao sul da Turquia, e ali fundou a Pequena Armênia, onde conservou sua vida e cultura próprias, até ser dizimada impiedosamente pelos maometanos turcos no século passado, em ódio à fé católica. Isso obrigou os sobreviventes à também se dispersarem pelo mundo. É justamente por esta razão, explicou-nos Sua Eminência, que a sede do Patriarcado Armênio Católico é Beyruth, capital do Líbano, - embora seu título seja a Cilicia. Naquele país gozam os católicos de toda a liberdade; coexistem ali populações de diferentes ritos, principalmente gregos, maronitas e armênios, todos com seus respectivos Ordinários. Dois desses sendo Cardeais, Beyruth é a única cidade do mundo, além de Roma, onde reside mais de um Purpurado. Há ali também muitos cismáticos e pagãos. A maioria da população contudo é cristã, e dentre os cristãos os católicos são os mais numerosos, razão por que o Líbano é a única nação do Oriente Próximo governada por um católico, o presidente Chamoun.

Sobre a devoção a Maria Santíssima, disse-nos o Cardial Agagianian que é tão difundida, que se pode dizer que todas as colinas do Líbano são santuários... Por toda a parte há igrejas, capelas, oratórios, consagrados à Mãe de Deus sob os mais variados vocábulos: há "Nossas Senhoras" de todos os lugares praticamente, tantas são as invocações com que o povo libanês venera a Santíssima Virgem. Os santuários mais importantes são os de Nossa Senhora do Líbano, relativamente recente, e o de Nossa Senhora de Bzommar, consagrado a Nossa Senhora da Assunção. A imagem que se cultua neste último lhe foi doada há mais de 300 anos pelo Cardeal Caraffa, e é uma pintura da Escola de Rafael que representa uma Virgem Dolorosa: simbolismo profundo, frisou Sua Eminência, que nos mostra que é pelo sofrimento que se chegará à glória.

Perguntamos então acerca do movimento mariano em geral. O Emmo. Cardeal contou-nos que no ano passado realizou-se no território de sua jurisdição um Congresso Marial que foi um imenso triunfo da devoção à Virgem Santíssima. As associações consagradas a Nossa Senhora, Congregações Marianas e Filhas de Maria, acham-se florescentes. As grandes devoções populares são o rosário e os exercícios do mês de maio; é comum ouvirem-se ao anoitecer, pelas aldeias e montes, as vozes das famílias reunidas em suas casas para recitar o terço.

Manifestamos nossa admiração pelo exemplo que o povo armênio tem dado ao mundo, de fidelidade à Igreja em meio às provações por que tem passado. Sua Eminência afirmou que, de fato, os católicos armênios têm sofrido perseguições cruéis e sangrentas através da história, mas encontram em sua firme adesão à Igreja um estímulo e um conforto em todas as provações.

Com estas palavras Sua Eminência o Cardial Gregório Pedro XV Agagianian — o 15° Patriarca armênio desde a volta à comunhão com a Santa Sé — encerrou sua amável entrevista, sem deixar de exprimir sua admiração pelo Brasil e pelas cerimônias do XXXVI Congresso Eucarístico Internacional.

Os milagres no Santuário de Knock

A católica Irlanda, convertida por São Patrício, é representada no Sacro Colégio pelo Emmo. Snr. Cardeal John D'Alton, Arcebispo de Armagh. Estivemos com Sua Eminência após a procissão de encerramento do Congresso; embora bastante fatigado com as solenidades do dia, o ilustre Purpurado recebeu-nos afavelmente nos deu as informações desejadas.

Disse-nos que o grande santuário mariano da Irlanda é o de Knock, onde Nossa Senhora apareceu a duas almas piedosas em 1879, acompanhada de São José e São João Evangelista. Durante muitos anos o local foi alvo apenas de pequenas romarias; em princípios deste século porém começou a se expandir essa devoção, que veio a se tornar nacional. Todos os anos realizam-se grandes peregrinações ao santuário, vindas de todo o país.

Indagamos se ali têm-se operado milagres; Sua Eminência respondeu que muitas graças têm sido alcançadas pelos fiéis que invocam Nossa Senhora de Knock, e entre elas as curas são numerosas. A mais famosa foi a do Arcebispo Lynch, de Toronto, que ficou instantaneamente livre de uma moléstia pulmonar.

Quisemos também saber algo sobre a vida católica da população. O povo irlandês, informou o Cardeal, tradicionalmente católico, venera de muitos modos a Mãe de Deus. As "confraternitas" eretas sob o

(continua)



Advertência

Este texto, reconhecido pelo processo OCR, não passou por revisão e pode conter erros de digitação.
Sua transcrição parcial ou total está autorizada, desde que seja citada a fonte e o texto conferido com o da imagem original.

Agradecemos desde já reportar-nos erros de digitação, através do
Fale conosco


CRÉDITOS
© Copyright 1951 -

Editora Padre Belchior de Pontes Ltda.

Diretor
Paulo Corrêa de Brito Filho

Jornalista Responsável
Nelson Ramos Barreto
Registro na DRT/DF
sob o nº 3116

Administração
Rua Javaés, 681
1° Andar
Bairro Bom Retiro
CEP 01130-010
São Paulo- SP

SAC
(11) 3331 4522
(11) 3331-4790
(11) 2843-9487

Correspondência
Caixa Postal 707
CEP 01031-970
São Paulo-SP

E-mail:
catolicismo@terra.com.br

ISSN 0102-8502

 HOME 
 
TOPO
+ZOOM
-ZOOM
Home Page
ÍNDICE
Ir ao texto da matéria
TEXTO