Catolicismo n° 355-356, julho-agosto de 1980
Revista Catolicismo
Busca Google dentro do Site:
«
»
<<       Página       >>


(continuação)

O "CASO" DA NICARÁGUA:

"Igreja" – Doutrina; Guerrilha – Vitória

Como a "Igreja-Nova" inocula seus erros de doutrina em uma guerrilha política encalhada.... e concede a esta popularidade, prestígio, vitória.

"Taboão da Serra": Congresso de Teologia cercado de aparato policialesco

O IV Congresso Internacional Ecumênico de Teologia, promovido pela Associação Ecumênica de Teólogos do Terceiro Mundo – organização integrada por protestantes e católicos – se realizou no Instituto Paulo VI (Centro de Treinamento de Líderes da Arquidiocese de São Paulo), no município de Taboão da Serra. O tema geral do Congresso era "Eclesiologia das comunidades eclesiais de base".

O Instituto Paulo VI, que ocupa um terreno de setecentos mil metros quadrados, esteve, durante o Congresso, sob a estrita vigilância de guardas armados. Estes eram funcionários de uma empresa privada especializada em serviços tais.

... com a presença de Bispos e padres...

O Congresso – cuja programação interna foi cercada de grande sigilo – contou com a participação de mais de 160 Bispos, Padres, freiras, leigos de ambos os sexos (sociólogos, economistas, agentes de pastoral, membros das Comunidades de Base) e pastores protestantes de 42 países. Segundo o noticiário da imprensa, estiveram presentes, entre outros, os seguintes eclesiásticos:

- do Brasil, D. José Maria Pires, Arcebispo de João Pessoa; D. Pedro Casaldáliga, Bispo de São Félix do Araguaia; Pe. Edenio do Valle, Vice-Reitor da Pontifícia Universidade de São Paulo; Frei Gilberto Gorgulho, O.P., Coordenador de Pastoral em São Paulo; Frei Leonardo Boff, O.F.M., teólogo redator da "Revista Eclesiástica Brasileira"; Frei Carlos Mesters, O. Carm., exegeta; Pe. José Oscar Beozzo, diretor do Instituto Teológico de Lins; Pe. Paulo Suess, secretário-geral do CIMI – Conselho Indigenista Missionário; Pe. João Batista Libânio, S.J., Assessor da CNBB; Frei Carlos Alberto Libânio Christo, O.P. (Frei Betto), secretário-executivo do Congresso; Hugo Assmann, teólogo;

- do Chile, Pe. Pablo Richard, teólogo; Pe. Ronaldo Muñoz, teólogo; Pe. Sergio Torres, teólogo;

- de El Salvador, Jon Sobrino, teólogo;

- da Jamaica, Pe. Alfredo Ride;

- do México, D. Samuel Ruiz, Bispo de Chiapas; Frei Miguel Concha, O.P.;

- da Nicarágua, Pe. Miguel D'Escoto, Ministro das Relações Exteriores desse país, e Frei Uriel Molina, O.F.M.;

- do Peru, Pe. Gustavo Gutiérrez, teólogo;

- de Sri Lanka (Ceilão), Pe. Tissa Balasuriya.

... sendo presidentes de honra um Cardeal e presidente efetivo um pastor protestante

A presidência-executiva coube ao pastor metodista Paulo Ayres de Mattos, sendo presidente-honorário o próprio Cardeal-Arcebispo de São Paulo; participou igualmente o pastor metodista argentino J. Míguez-Bonino, presidente do Conselho Mundial das Igrejas, organismo ecumênico protestante, além de outros teólogos e teólogas protestantes.

Um congresso de Teologia da Libertação

A simples nominata dos participantes (a par dos temas que, segundo a imprensa, foram tratados) é suficiente para caracterizá-lo como um congresso de Teologia da Libertação.

A semana do TUCA, prolongamento de "Taboão"

Enquanto presumivelmente se procedia em Taboão da Serra a secretas elaborações doutrinárias e articulações táticas, realizava-se no teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – TUCA (Rua Monte Alegre, 1024), uma Semana de Teologia subordinada ao título A Igreja na América Latina, promovida pelo Departamento de Teologia do Instituto de Estudos Especiais da mesma Universidade. A Semana de Teologia se estendeu de 21 de fevereiro a 1º de março, com sessões públicas e diárias.

Conforme declaração do Cardeal Arns, no discurso de abertura, a Semana de Teologia resultou de um pedido da Associação Ecumênica de Teólogos, que desejava "entrar em contato" com os membros das Comunidades Eclesiais de Base e movimentos populares da periferia de São Paulo. As sessões noturnas do TUCA constituíam um desdobramento do Congresso, em que os temas tratados em Taboão da Serra eram em alguma medida transmitidos aos militantes das Comunidades de Base, os quais representavam a maioria dos assistentes.

Sendo facultado a qualquer dos presentes gravar as palavras dos conferencistas, a TFP possui fitas magnéticas em que estão registradas todas as conferências, e pode pô-las à disposição de quem se interesse seriamente pelo assunto.

Revestiu-se de particular aparato a sessão do dia 28 de fevereiro, em que foram recepcionadas e homenageadas importantes figuras da Revolução Sandinista, vitoriosa na Nicarágua. Várias delas fizeram uso da palavra durante a sessão.

Bispo de São Félix veste jaqueta de guerrilheiro

O ponto alto da noite consistiu na entrega a D. Pedro Casaldáliga, Bispo de São Félix do Araguaia (região semi-selvática no

(continua)

LEGENDA:
Estiveram presentes ao Congresso, que se intitulou ecumênico, "teólogos" de várias confissões religiosas. No centro, Pablo Richard, antigo membro do grupo "Cristãos para o Socialismo", do Chile.



Advertência

Este texto, reconhecido pelo processo OCR, não passou por revisão e pode conter erros de digitação.
Sua transcrição parcial ou total está autorizada, desde que seja citada a fonte e o texto conferido com o da imagem original.

Agradecemos desde já reportar-nos erros de digitação, através do
Fale conosco


CRÉDITOS
© Copyright 1951 -

Editora Padre Belchior de Pontes Ltda.

Diretor
Paulo Corrêa de Brito Filho

Jornalista Responsável
Nelson Ramos Barreto
Registro na DRT/DF
sob o nº 3116

Administração
Rua Javaés, 681
1° Andar
Bairro Bom Retiro
CEP 01130-010
São Paulo- SP

SAC
(11) 3331 4522
(11) 3331-4790
(11) 2843-9487

Correspondência
Caixa Postal 707
CEP 01031-970
São Paulo-SP

E-mail:
catolicismo@terra.com.br

ISSN 0102-8502

 HOME 

EDIÇÃO POR

TOPO
 
+ZOOM
-ZOOM
 
HOME PAGE
HOME
 
IR AO TEXTO DA MATÉRIA
TEXTO