Catolicismo - Acervo
Busca Google dentro do Site:
« »
<<       Página       >>


CARTA DO DIRETOR

Caro leitor,

A influência demoníaca na história humana sempre foi constante e intensa. É a tentativa satânica de levar os homens para a perdição, como ocorreu com os nossos primeiros pais nos primórdios da humanidade, quando em forma de serpente o demônio os tentou, sugerindo-lhes que se comessem o “fruto proibido” seriam “como deuses”.

Adão e Eva caíram na tentação, cometeram o pecado original e perderam o estado de inocência. Toda a sua descendência sofreu a consequência de tal pecado, tornando-se doravante sujeita à ação do demônio, que procura levar os homens para o inferno.

A ação diabólica apresenta-se de modo cada vez mais avassalador nos diversos setores da sociedade neopagã em que vivemos, sendo numerosas as práticas incentivadas pelos demônios para se apossarem das pessoas.

O Pe. Luis Escobar, exorcista da Diocese de Rancágua (Chile), diz que a maioria daqueles que o procuram por se suporem vítimas de alguma ação preternatural teve contato com questões do ocultismo em algum momento da vida.

O artigo de capa desta edição apresenta vários exemplos de meios utilizados pelo Maligno — como o denominado “tabuleiro Ouija” — para levar as pessoas a cair nas redes do espiritismo e iniciarem-se assim em práticas ocultistas.

O rock satânico é outro meio pelo qual o demônio se apodera das almas, segundo a opinião de vários exorcistas. Também a prática do aborto atrai demônios, pois estes desejam a destruição da criação, especialmente do gênero humano. Dentre as várias manifestações diabólicas de que trata o artigo, a possessão é a mais visível.

A par do notável avanço de atos satânicos, existem também vigorosas reações, especialmente nos Estados Unidos, onde a TFP norte-americana tem se destacado em campanhas de combate ao satanismo.

Em face desse quadro terrível, o autor recomenda manter distância de superstições e coisas esotéricas, procurar os cuidados da Igreja e, sobretudo, recorrer à Santíssima Virgem, invocada como “Terror dos demônios”.

Ela nos protegerá nesta época de tribulações, como ensina o Apóstolo São Paulo, “contra os dominadores deste mundo de trevas, contra os espíritos malignos espalhados pelos ares” (Ef 6, 12).

Desejamos aos nossos diletos leitores uma profícua leitura dessa transcendental matéria.

Em Jesus e Maria,

Paulo Corrêa de Brito Filho

Diretor


FOTO EM FOCO

Expressão da destreza e elegância na arte do rejoneo

Hélio Dias Viana

Cavalgado de modo exímio pelo rejoneador (toureiro montado) Andy Cartagena, o belo e fogoso cavalo Luminoso — qual novo Pégaso prestes a levantar voo — atravessa sobre duas patas quase toda a arena da Plaza de Toros de Villarrobledo, na Espanha. Deslumbrado, o numeroso público presente aplaudiu de pé o rejoneador, pediu e obteve que ele saísse pelo portão principal nos ombros de membros de sua equipe — a maior consagração de um toureiro.

Atividade de risco, o rejoneo é cercado de um belo cerimonial que evoca a época cavalheiresca de outrora, e não dispensa cenas maravilhosas como esta, assistidas por famílias inteiras, de avós a netos. Segundo um experiente comentarista da arte do rejoneo, este vive sua Idade de Ouro, tanto pela qualidade dos cavalos — sobretudo os de raça lusitana — quanto pela destreza, elegância e arrojo dos rejoneadores.



Advertência

Este texto, reconhecido pelo processo OCR, não passou por revisão e pode conter erros de digitação.
Sua transcrição parcial ou total está autorizada, desde que seja citada a fonte e o texto conferido com o da imagem original.

Agradecemos desde já reportar-nos erros de digitação, através do
Fale conosco


CRÉDITOS
© Copyright 1951 -

Editora Padre Belchior de Pontes Ltda.

Diretor
Paulo Corrêa de Brito Filho

Jornalista Responsável
Nelson Ramos Barreto
Registro na DRT/DF
sob o nº 3116

Administração
Rua Javaés, 681
1° Andar
Bairro Bom Retiro
CEP 01130-010
São Paulo- SP

SAC
(11) 3331 4522
(11) 3331-4790
(11) 2843-9487

Correspondência
Caixa Postal 707
CEP 01031-970
São Paulo-SP

E-mail:
catolicismo@terra.com.br

ISSN 0102-8502

 HOME 
 
TOPO
+ZOOM
-ZOOM
Home Page
ÍNDICE
Ir ao texto da matéria
TEXTO