Catolicismo - Acervo
Busca Google dentro do Site:
« »
<<       Página       >>


REALIDADE CONCISAMENTE

Estátuas de Lenine acabaram em lixões

O fotógrafo suíço Niels Ackermann percorreu a Ucrânia buscando as 5.500 estátuas de Lenine, erguidas outrora em locais públicos. Ele disse que mães de família, professores, policiais, políticos, operários, camponeses, todos têm uma história triste para contar sobre o assassinato em massa praticado pelo regime comunista. E descobriu que os restos de estátuas pichadas de Vladimir Lenine foram parar em lixões, galpões abandonados ou na coleção de algum nostálgico. Elas integram também um recente álbum do fotógrafo. Os ucranianos se regozijaram derrubando o símbolo do pesadelo soviético, revivido hoje por outro Vladimir: Putin.


Descobertas no México e juízo bíblico sobre deuses pagãos

Brigadas de arqueólogos exumaram na Cidade do México uma fabulosa pirâmide feita com 130.000 crânios atravessados por ripas. As crônicas registram que o monumento visava ao regozijo social e era palco de sacrifícios rituais de mulheres e crianças. Um altar de mais de 50 metros de comprimento erguia-se no centro, e as cabeças perfuradas eram penduradas num andaime. Na pirâmide habitaria a Mãe Terra, comparável à deusa Gaia idolatrada pelos ecologistas. A Sagrada Escritura ensina que “todos os deuses dos pagãos são demônios” (Salmo 95, 5). As escavações na Cidade do México ratificam a verdade desse juízo divinamente revelado.


“Mínimo solar” pode trazer surpresas

A NASA alertou para graves problemas nos equipamentos eletrônicos devido à entrada do sol num acentuado “mínimo” de atividade. Os instrumentos digitais são muito frágeis e podem falhar sob a influência magnética solar nesse período, gerando graves contratempos sociais. Medidas deveriam ter sido tomadas há muito tempo, em vez de combater fenômenos inócuos ou fictícios como o “aquecimento global”. Os cientistas observaram que se nos EUA ocorrer uma queda, ela não se deverá a perigos externos, mas ao despreparo para enfrentar problemas reais.


Europa Oriental católica: esperança para a Europa Ocidental laicizada

Em Varsóvia, o Presidente dos EUA discorreu sobre a luta do Ocidente contra o “terrorismo islâmico radical”, para proteger “nossa civilização e nosso modo de vida”. A União Europeia revidou, ameaçando punir a Polônia, a Hungria e a República Checa, por não aceitarem imigrantes islâmicos. A Europa Oriental parece entender melhor a cultura cristã do que a Europa Ocidental. Porém, segundo os cálculos de seus inimigos, o materialismo de Marx, Lenine e Stalin deveria ter apagado nela a lembrança da Cristandade, enquanto a laicização da Europa no período “pós-conciliar” se encarregaria do resto. Mas eis que um imenso boomerang histórico, religioso e cultural voa agora rumo aos países berço da civilização cristã, invertendo positivamente as tendências.


O mais antigo tribunal do mundo e suas lições medievais

O tribunal mais antigo da Terra julga em Valência (Espanha) segundo usos e costumes que remontam à Idade Média. O atendimento é imediato, o julgamento é desburocratizado e sem custos, e a sentença, inapelável e imediata, é acatada sem discussão. É o Tribunal das Águas, que julga causas relativas à irrigação. Oito anciãos escolhidos pelas oito comarcas irrigadas se reúnem todas as quintas-feiras na Porta dos Apóstolos da catedral gótica, quando os sinos da torre Micalet tocam ao meio-dia. Os juízes sentam-se em poltronas de estilo medieval, ouvem as partes em dialeto valenciano e emitem a sentença. É um vestígio da eficiente justiça trabalhista medieval. Enquanto isso, no Brasil do século XXI — mais precisamente em 2016 —, eram abertas mais de três milhões de causas trabalhistas, despendendo milhões de folhas, bilhões de reais, insondável tempo de juízes e funcionários, sem falar dos milhões de lesados à espera da sentença. Que diferença com a Justiça impregnada de espírito familiar e de velhas e sábias tradições católicas da Idade Média!


Mais de dois milhões de russos veneram as relíquias de São Nicolau

Emprestadas pela Igreja Católica, as relíquias de São Nicolau de Bari (Itália) foram expostas ao culto público e veneradas na Rússia por mais de dois milhões de pessoas: 1.807.600 em Moscou e 340.000 em São Petersburgo, incluindo romeiros de remotas cidades. Essas demonstrações maciças de devoção patentearam as tendências profundas — inimagináveis sem uma ação da graça — que atuam no povo russo e o predispõe à conversão. O Patriarcado cismático de Moscou encarrega-se da transladação das relíquias do santo, afastando assim o protagonismo católico. O ardil revela que a livre pregação do catolicismo teria grande efeito no povo russo.


Por trás de sistemas e robôs, uma casta regendo o mundo?

O robô Knightscope K5, dotado de sensores e sistemas de reconhecimento facial, afundou num espelho d’água do prédio de Washington que ele deveria vigiar. O que será dos homens no dia em que transferirem quase todos os seus poderes para os sistemas informáticos? Incapazes, tais sistemas, de dirigir o mundo sem o monitoramento de excelentes engenheiros que os desenhem e comandem, nascerá — ou já nasceu — uma casta especial que se manterá longe de público, nas salas de comando de algum lugar desconhecido. A organização more mecanico leva a uma anti-ordem diametralmente oposta a uma civilização cristã.



Advertência

Este texto, reconhecido pelo processo OCR, não passou por revisão e pode conter erros de digitação.
Sua transcrição parcial ou total está autorizada, desde que seja citada a fonte e o texto conferido com o da imagem original.

Agradecemos desde já reportar-nos erros de digitação, através do
Fale conosco


CRÉDITOS
© Copyright 1951 -

Editora Padre Belchior de Pontes Ltda.

Diretor
Paulo Corrêa de Brito Filho

Jornalista Responsável
Nelson Ramos Barreto
Registro na DRT/DF
sob o nº 3116

Administração
Rua Javaés, 681
1° Andar
Bairro Bom Retiro
CEP 01130-010
São Paulo- SP

SAC
(11) 3331 4522
(11) 3331-4790
(11) 2843-9487

Correspondência
Caixa Postal 707
CEP 01031-970
São Paulo-SP

E-mail:
catolicismo@terra.com.br

ISSN 0102-8502

 HOME 
 
TOPO
+ZOOM
-ZOOM
Home Page
ÍNDICE
Ir ao texto da matéria
TEXTO