Catolicismo - Acervo
Busca Google dentro do Site:
« »
<<       Página       >>


(continuação)

uma curiosidade malsã, pessoas incautas entram sem saber no caminho do ocultismo. Por isso o Pe. Escobar diz que, das pessoas que o procuraram por se julgarem vítimas de alguma ação preternatural, “a maioria teve contato ou optou por ser parte de questões esotéricas em algum momento de suas vidas. Especialmente com [o tabuleiro] Ouija, o Reiki, e o que está tão em moda hoje: a Yoga”.3

Sobre o tão difundido “tabuleiro Ouija”,4 ou o mais recente “Charlie, Charlie, challenge” (versão mais elaborada do primeiro), fala o Irmão Benigno Palilla, franciscano e exorcista da Arquidiocese de Palermo, Itália. Ele mostra como é fácil, sobretudo aos adolescentes, cair nas redes do espiritismo por esse meio, que pareceria à primeira vista uma inocente distração, mas que é um modo de iniciar os jovens incautos no ocultismo.

Explica ele sobre o maléfico Charlie challenge: “Trata-se de dois lápis sobrepostos em forma de cruz, que estão em equilíbrio. Por baixo há um papel com as palavras ‘sim’, de um lado, e ‘não’, do outro. Pergunta-se a Charlie [personagem fictício, que no fundo é o demônio] se está presente. O lápis move-se sozinho, girando para o sim”. Depois se fazem as mais diversas perguntas a “Charlie”, que responde sim ou não, movimentando o lápis para um lado ou para outro. “Pois bem, observa o Irmão Benigno, se não há uma causa natural, como o vento, o lápis não pode mover-se sozinho. Se se move, é porque há uma entidade que o move. Ora, esta entidade não pode ser Deus, porque Ele não se presta a estes jogos. Portanto, só pode ser o demônio. Trata-se, pois, de uma evocação do demônio através deste jogo, que não é jogo. Para sermos mais concretos, trata-se de uma sessão espírita, na qual se invoca um espírito maligno”5 (os grifos são nossos).

O Pe. Gary Thomas, exorcista da Diocese de San José, na Califórnia, confirma que “o tabuleiro de ouija, a magia negra, as sessões espíritas, os vídeos-games violentos, o Charlie Challenge, as cartas de tarô, e qualquer instrumento que possa congregar algum tipo de espírito, evitando Deus em qualquer forma que seja”,6 atraem os demônios.

Graves malefícios na yoga e no ocultismo

Voltando ao Pe. Escobar, foi-lhe apresentada a objeção de que nem todos que participam da Yoga, do Reiki e do tal tabuleiro terminam possessas, ao que ele respondeu: “Das pessoas que atendi como exorcista por padecer possessão, opressão ou vexação demoníacas, a maioria participou disso, e chega [a consultar o exorcista] porque apresenta algum problema. Desconheço, no entanto, se aconteceu algo com as demais pessoas que não me procuraram. Mas as pessoas que chegaram livremente à paróquia para me consultar, apresentaram uma história nefasta com esses assuntos”.

Pode-se insistir: “Que mal há na yoga, por exemplo, que tantos benefícios traz”? A isso responde o Pe. Vincent Lampert, exorcista na Diocese de Indianápolis, Estados Unidos: “A questão não se restringe aos benefícios que produzem os exercícios de yoga. O problema está nas chamadas energias, espíritos ou forças que se fazem durante essas práticas”.

O Pe. Gary Thomas é mais específico: “Quando alguém que pratica a yoga reconhece e chama os espíritos ou energias vinculadas a determinados exercícios, isso produz sérios problemas. Eu sei por experiência, pois conheci gente fervorosa da prática de yoga que veio me procurar com problemas depois de renderem tributo aos deuses ligados aos movimentos de yoga”.7

“O Senhor abomina todas estas coisas”

Todas as tentativas de sondar o futuro por meio de forças ocultas já foram condenadas pelo próprio Deus, ao dizer a Moisés: “Quando tiveres entrado na terra que o Senhor Deus te há de dar, guarda-te de querer imitar as abominações daquelas gentes. Não se ache entre vós quem purifique seu filho ou sua filha, fazendo-os passar pelo fogo, nem quem consulte adivinhos ou observe sonhos e agouros, nem quem use malefícios, nem quem seja encantador, nem quem consulte os nigromantes ou adivinhos, ou indague dos mortos a verdade. Porque o Senhor abomina todas estas coisas, e por tais maldades exterminará estes povos à tua entrada” (Deuteronômio, 18, 9-12).

O apóstolo São Paulo, por sua vez, adverte: “As coisas que os pagãos sacrificam [nos seus cultos], sacrificam-nas a demônios e não a Deus. E eu não quero que tenhais comunhão com os demônios” (I Cr 10,20).

Por isso ensina o Catecismo da Igreja Católica: “Todas as formas de adivinhação devem ser rechaçadas: o recurso a Satã ou aos demônios, a evocação dos mortos e outras práticas que equivocadamente se supõe que ‘desvelam’ o futuro. A consulta de horóscopos, a astrologia, a quiromancia, a interpretação de presságios e de sortes, os fenômenos de visão, o recurso a ‘médiuns’ encerra uma vontade de poder sobre o tempo, a história e, finalmente, os homens, por um desejo de granjear-se proteção de poderes ocultos. Estão em contradição com a honra e o respeito, mesclados de temor amoroso, que devemos somente a Deus” (2116).

O papel do rock satânico na iniciação diabólica

Mas há outros meios pelos quais o demônio se apodera das almas. O Pe. Duarte Souza Lara, exorcista português, afirma: “Sabemos que Satanás e seus demônios exercem influência em todos os

(continua)

Legendas: - Estátua de Shiva, divindade hindu,

em posição de yoga. Bangalore, Índia. - “Tabuleiro Ouija” - Todas as tentativas de sondar o futuro por meio de forças ocultas, adivinhos, agouros, malefícios, nigromantes etc., já foram condenadas pelo próprio Deus.



Advertência

Este texto, reconhecido pelo processo OCR, não passou por revisão e pode conter erros de digitação.
Sua transcrição parcial ou total está autorizada, desde que seja citada a fonte e o texto conferido com o da imagem original.

Agradecemos desde já reportar-nos erros de digitação, através do
Fale conosco


CRÉDITOS
© Copyright 1951 -

Editora Padre Belchior de Pontes Ltda.

Diretor
Paulo Corrêa de Brito Filho

Jornalista Responsável
Nelson Ramos Barreto
Registro na DRT/DF
sob o nº 3116

Administração
Rua Javaés, 681
1° Andar
Bairro Bom Retiro
CEP 01130-010
São Paulo- SP

SAC
(11) 3331 4522
(11) 3331-4790
(11) 2843-9487

Correspondência
Caixa Postal 707
CEP 01031-970
São Paulo-SP

E-mail:
catolicismo@terra.com.br

ISSN 0102-8502

 HOME 
 
TOPO
+ZOOM
-ZOOM
Home Page
ÍNDICE
Ir ao texto da matéria
TEXTO