Catolicismo - Acervo
Busca Google dentro do Site:
« »
<<       Página       >>


REALIDADE CONCISAMENTE


No cárcere de terror da Coreia do Norte

A jornalista Suki Kim [foto acima] narrou as terríveis experiências que teve como professora em uma universidade de Pyongyang, capital da Coreia do Norte. O governo decide tudo a respeito do estudante: seleciona-o, escolhe sua carreira e profissão. A universidade é vigiada por militares, tudo é gravado, e no quarto de Susi havia microfones ocultos. A vigilância e a denúncia são recíprocas e generalizadas. Só há um canal de TV, com programas sobre o Grande Líder, a China ou a Rússia e os "ideais socialistas". Susi só podia sair para colocar flores em monumentos do Grande Líder. As pessoas fora da capital estão raquíticas e malnutridas. É proibido falar com elas.


Máquina repressiva de Putin supera esquemas soviéticos

Com pelo menos 200 mil agentes, a FSB, polícia política de Vladimir Putin, tem funções de polícia e de espionagem. Seu poder supera o das antigas Checa de Lenine, NKVD de Stalin e KGB da URSS. A FSB controla as fronteiras, combate os "crimes econômicos" e assedia os suspeitos de contatos com o exterior. Em 1937, a NKVD, polícia do político preferido de Putin, matava uma média diária de mil dissidentes, opositores, oficiais do exército, "elementos etnicamente perigosos" e proprietários. O que Putin fará quando sentir que o povo russo não o acompanha?

LEGENDA:
Agente da FSB, polícia política de Putin.


"Encontro com Satanás": ponto final do ecumenismo?

Nos EUA, a "igreja do Templo Satânico" quer introduzir, para uso das crianças, o programa "Satã depois da escola"! A Sociedade Americana de Defesa da Tradição, Família e Propriedade – TFP classificou o projeto de "sacrilégio" e convocou os fiéis a exigir "o retorno da moral cristã". O Templo Satânico alega que "é uma religião igual a qualquer outra" e que "Satanás é o herege que questiona as leis sagradas". Por isso procura "vacinar as crianças contra toda forma de cristianismo". A suposição de que todas as religiões são iguais é o engano com um fundo de falso "ecumenismo" que leva a um encontro com Satanás.


Como ursos polares gordos e numerosos podem estar "em extinção"?

A Dra. Susan Crockford, especialista em ursos polares, explicou o recente silêncio do alarmismo ambientalista sobre a suposta extinção dos ursídeos. Segundo ela, neste ano, esses predadores apareceram muito gordos e numerosos na Suécia e em Churchill, a "capital mundial do urso polar" [foto acima], situada na província de Manitoba (Canadá). Como os "profetas" da extinção dos ursos polares não querem reconhecer que estavam errados, eles deverão procurar agora outro pretexto para suas campanhas voltadas contra o homem e a civilização.


A arte de mentir nas mídias russas

O jornalista americano Andrew Feinberg trabalhou para os órgãos de imprensa mais mimados pela guerra psicológica russa: a agência Sputnik e a rede de televisão Russia Today. O lema da Sputnik é: "Dizer o que não é dito". Mas Andrew logo entendeu que o jornalista deve "acertar o passo com o lado da Rússia, esteja ou não de acordo com a verdade". Na reportagem "Minha vida na rede de propaganda russa" ele contou tudo o que sofreu. E constatou que o lema de Sputnik "Dizer o que não é dito" significa "não dizer a verdade".


Islã almeja conquistar a Espanha

O Estado Islâmico fez em 2014 uma proclamação bélica a partir da Síria: "A Espanha é a terra de nossos antepassados e vamos recuperá-la". No Marrocos, "o ensino e os discursos políticos sempre alimentaram uma profunda nostalgia da Andaluzia perdida, a qual é considerada como marroquina e lugar ideal para recrutamento e trampolim do jihad (guerra santa) na Europa", sublinhou o especialista Alexandre del Valle. Contudo, do outro lado do Mediterrâneo não se cogita em "encontro das culturas", "ecumenismo" ou "acolhida", mas invasão, vingança, morte e extermínio.


Islâmicos querem guerra "tribal" na Europa

Há territórios europeus controlados por bandos armados jihadistas onde não vigora a lei. A gangue "Alemanha Otomana" age no continente e obtém financiamento delinquindo, explorando a prostituição, o tráfico de armas e de droga. O e-book Muslim Gangs ensina a prática de atentados individuais visando a uma guerra geral: "esses golpes aumentarão a intensidade do conflito, e gradualmente uma guerra pegará fogo. A guerra será tão dura que não haverá espaço para a polícia [...], assim teremos lutas 'tribais' e minimilícias nos diversos países europeus, cada grupo defendendo seu próprio território". Uma guerra "tribal" análoga ao desfazimento da ordem pública no Rio de Janeiro.

LEGENDA:
- A Alhambra , Granada
- Protestos islâmicos na Alemanha



Advertência

Este texto, reconhecido pelo processo OCR, não passou por revisão e pode conter erros de digitação.
Sua transcrição parcial ou total está autorizada, desde que seja citada a fonte e o texto conferido com o da imagem original.

Agradecemos desde já reportar-nos erros de digitação, através do
Fale conosco


CRÉDITOS
© Copyright 1951 -

Editora Padre Belchior de Pontes Ltda.

Diretor
Paulo Corrêa de Brito Filho

Jornalista Responsável
Nelson Ramos Barreto
Registro na DRT/DF
sob o nº 3116

Administração
Rua Javaés, 681
1° Andar
Bairro Bom Retiro
CEP 01130-010
São Paulo- SP

SAC
(11) 3331 4522
(11) 3331-4790
(11) 2843-9487

Correspondência
Caixa Postal 707
CEP 01031-970
São Paulo-SP

E-mail:
catolicismo@terra.com.br

ISSN 0102-8502

 HOME 
 
TOPO
+ZOOM
-ZOOM
Home Page
HOME
Ir ao texto da matéria
TEXTO