Catolicismo - Acervo
Busca Google dentro do Site:
« »
<<       Página       >>


SANTOS E FESTAS DE DEZEMBRO


1

Santa Natália, Viúva

+ Ásia Menor, séc. III. “Mulher do Bem-aventurado Adriano, por muito tempo assistiu alguns Santos Mártires encarcerados em Nicomédia sob o imperador Diocleciano. Depois que se consumaram todos os martírios, mudou-se para Constantinopla, onde descansou em Deus” (MR*).

Primeira Sexta-Feira do mês


2

São Nuno, Bispo e Confessor

+ Síria, séc. III. Famoso pregador, converteu a pecadora Pelágia, que fora por curiosidade ouvir um de seus sermões. Ela lhe deu depois sua fortuna, que ele distribuiu aos pobres. Encaminhou a penitente para uma gruta perto de Jerusalém, a fim de que fizesse penitência pelos seus pecados.

Primeiro Sábado do mês


3

São Francisco Xavier, Confessor.

São Sola, Confessor

+ Alemanha, 794. Monge inglês que foi para a Alemanha, onde se colocou sob a direção de São Bonifácio, apóstolo daquela terra. Viveu como eremita, atraindo discípulos que formaram depois a abadia de Solnhofen.


4

São Melécio, Bispo e Confessor

+ Ásia Menor, séc. IV. “Homem de grande experiência e vasta cultura, foi cognominado por seus companheiros de mocidade ‘o mel da Ática’, sendo considerado por Santo Atanásio e São Basílio como grande defensor da divindade do Verbo em face do arianismo” (MRM*).


5

São Martinho, Bispo e Confessor

+ Portugal, 579. Originário da Hungria, foi em peregrinação ao túmulo de seu homônimo em Tours, fixando-se depois como missionário num mosteiro perto de Braga. Como bispo dessa cidade, presidiu seus dois primeiros concílios.


6

Santa Asela, Virgem

+ Roma, séc. IV. Discípula de São Jerônimo, que dela escreveu: “Era abençoada desde o seio de sua mãe”, vivia de jejum, orações e visitas aos túmulos dos santos mártires.


7

Santo Ambrósio, Bispo, Confessor e Doutor da Igreja

+ Milão, 397. Governador de Milão e depois bispo, conselheiro de imperadores e do Papa, desempenhou papel decisivo na conversão de Santo Agostinho.


8

Imaculada Conceição da Bem-aventurada Virgem Maria

Festa instituída pelo Bem-aventurado Pio IX em seguida à promulgação desse dogma, que coroava tradições muito antigas a respeito.


9

Santa Gorgônia, Viúva

+ Ásia Menor, 372. Irmã de São Cesário e do grande São Gregório Nazianzeno, Doutor da Igreja. Seu pai, também santo, tinha o mesmo nome do irmão, e sua mãe foi Santa Nona. Casou-se e foi exemplar mãe de família. São Gregório fez o seu panegírico no funeral.


10

São João Roberto, Mártir

+ Inglaterra, 1610. Natural do País de Gales, converteu-se ao catolicismo na França e ordenou-se sacerdote na Espanha, onde ingressou na Ordem beneditina. Partiu depois para a Inglaterra, a fim de sustentar os católicos clandestinos. Reconhecido como padre católico, negou-se a prestar o juramento de supremacia do rei sobre a Igreja, sendo por isso martirizado.


11

São Trasão, Mártir

+ Roma, séc. III. “De sua fazenda, sustentava os cristãos que trabalhavam nas termas, os que se extenuavam em outras obras públicas e os que gemiam em calabouços. Preso por ordem de Diocleciano, recebeu a coroa do martírio junto com outros dois, que se chamavam Ponciano e Pretextato” (MR).


12

Nossa Senhora de Guadalupe, Padroeira da América Latina


13

Santa Luzia, Virgem e Mártir.

Santo Aubert, Bispo e Confessor

+ França, 669. Exercendo com dedicação o múnus episcopal em Avranches, conduziu clérigos e muitos leigos à vida de perfeição.


14

São João da Cruz, Confessor e Doutor da Igreja

+ Ubeda, 1591. Co-reformador do Carmelo masculino com Santa Teresa. Poucos penetraram mais a fundo nos arcanos da vida interior.


15

São Mesmin, Confessor

+ França, séc. VI. Construiu nas proximidades de Orleans, num terreno que lhe dera o rei Clóvis, uma abadia que se tornou famosa.


16

Santas Virgens, Mártires

+ África, 480. Quando da invasão do norte da África pelos vândalos arianos de Hunerico, estas muitas virgens consagradas a Deus “defenderam a honra da Igreja de Cristo em meio a atrozes torturas” (MRM).


17

Santa Olímpia, Viúva

+ Turquia, 408. Casada aos 18 anos com o prefeito da capital do império, enviuvou menos de dois anos depois. Com sua grande fortuna fundou um hospital e um orfanato. Quando São João Crisóstomo, seu diretor espiritual, caiu em desgraça diante da imperatriz, Olímpia seguiu sua sorte, sendo perseguida de todos os modos e falecendo no exílio ainda jovem, pouco depois de São João Crisóstomo.


18

São Flávio, Confessor

+ França, séc. VI. Italiano vendido como escravo, seu dono casou-o com uma escrava e o fez administrador de seus bens, dando-lhe depois a liberdade juntamente com sua esposa. De comum acordo, ela foi viver num convento e ele se tornou sacerdote.


19

Santo Anastácio I, Papa

+ Roma, 404. “Varão de riquíssima pobreza e de solicitude toda apostólica. Roma, como disse São Jerônimo, não merecia tê-lo por muito tempo, para que a cabeça do mundo não fosse decepada em vida de tal Bispo. Com efeito, pouco depois de sua morte Roma foi tomada e saqueada pelos Godos” (MR).


20

São Filogônio, Bispo e Confessor

+ Ásia Menor, 324. “Bispo de Antioquia, de quem São João Crisóstomo fez o seguinte elogio: ‘Foi ele retirado do tribunal para ser colocado na sé episcopal. Enquanto fora advogado, defendia os oprimidos contra os opressores; tornando-se bispo, protegeu os cristãos contra os ataques do demônio’” (MRM).


21

São Pedro Canísio, Confessor e Doutor da Igreja.

São Temístocles, Mártir

+ Síria, séc. III. “Apresentou-se em lugar de São Dióscoro, a quem procuravam para matar. Foi então torturado no cavalete, arrastado pelo chão, açoitado com varas. Assim logrou a coroa do martírio” (MR).


22

São Flaviano, Mártir

+ Roma, séc. IV. Antigo Prefeito de Roma, esposo de Santa Dafrosa, pai de Santas Bibiana e Demétria, todas elas mártires, também mereceu dar sua vida pela fé de Jesus Cristo.


23

Santa Maria Margarida Dufrost de Lajemmerais, Viúva

+ Canadá, 1771. Seu pai era um nobre francês, chefe das tropas da colônia, falecido quando ela tinha sete anos. Foi mãe de seis filhos. O esposo dissipou toda a fortuna familiar, deixando-a na miséria ao morrer. Com a ajuda alheia, pôde montar um pequeno armazém, conseguindo pagar as dívidas, educar os filhos, e ainda dedicar-se à caridade, no que foi ajudada por outras viúvas, dando início à Congregação das Irmãs da Caridade — ou “Irmãs cinzas”, pela cor do hábito.


24

Vigília do Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo.


25

Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo.


26

Santo Estêvão, Protomártir.

Santa Eugênia, Virgem e Mártir

+ Roma, séc. III. “Filha do Bem-aventurado mártir Felipe, depois de dar muitas provas de virtude e de levar para Cristo inúmeros grupos de santas virgens, teve porfiada luta sob o guante de Nicécio, prefeito da cidade, e foi finalmente degolada à espada no tempo do imperador Galieno” (MR).


27

São João, Apóstolo e Evangelista

+ Éfeso, séc. I. Discípulo Amado por causa de sua virgindade, representou a humanidade ao receber, junto à Cruz, Nossa Senhora como Mãe. Foi o Evangelista por excelência da divindade de Cristo. Perseguido pelo imperador Domiciano, foi levado a Roma e mergulhado num tacho de azeite fervente, de onde saiu rejuvenescido. Foi então deportado para a ilha de Patmos, onde escreveu o Apocalipse. Com a morte de seu perseguidor, voltou a Éfeso, onde residia, e escreveu então, a pedido dos fiéis, seu Evangelho e três epístolas, para refutar as heresias que negavam a divindade de Nosso Senhor e pregar o amor entre os cristãos.


28

Santos Inocentes, Mártires.

Santo Antônio, Confessor

+ França, 520. “Originário da Panônia, levou no início vida eremítica nos Alpes. Depois, fugindo dos admiradores que vieram reunir-se à sua volta, retirou-se para o Mosteiro de Lérins” (MRM).


29

São Davi, Rei e Profeta

(Vide p. 20)


30

São Rogério de Barletta, Bispo e Confessor

+ França, séc. XII. Bispo de Cannes, após a morte seu corpo foi subtraído piedosamente pelos habitantes de Barletta, na Itália, de onde sua devoção se estendeu a outros lugares.


31

São Silvestre I, Papa.

Santa Columba de Sens, Virgem

+ França, séc. III. Espanhola de origem, ainda pequena radicou-se na França com um grupo de espanhóis. Quase todos pereceram durante a perseguição de Aureliano. Diz-se que, ao ser entregue a um grupo de libertinos, um urso saiu da floresta e sentou-se a seus pés. O carrasco só pôde consumar o seu martírio após ela dar ordem ao urso de se retirar.

Notas:
- Santos já apresentados em calendários anteriores são apenas mencionados, sem nota biográfica.
- MR – Martirológio Romano; MRM – Martirológio Romano-Monástico.


Intenções para a Santa Missa em dezembro

Será celebrada pelo Revmo. Padre David Francisquini, nas seguintes intenções:

Pelos méritos infinitos do nascimento do Divino Menino Jesus, rezaremos especialmente pelos leitores de Catolicismo e suas respectivas famílias, bem como por todos aqueles que nos apoiaram ao longo deste ano, para que Ele lhes conceda um Santo Natal e abundantes graças para o Ano Novo. Também rezaremos pedindo à Imaculada Conceição (dia 8 de dezembro) que não permita a imposição da absurda Ideologia de Gênero nas escolas, conforme plano do MEC para o próximo ano letivo.

Intenções para a Santa Missa em janeiro

Missa pelas intenções dos assinantes, leitores e colaboradores de Catolicismo, para que neste ano que se inicia a Sagrada Família (festividade em 12 de janeiro) proteja especialmente seus lares, e eles sejam preservados do pecado, da violência, do desemprego e das drogas — males que flagelam gravemente o mundo contemporâneo.



Advertência

Este texto, reconhecido pelo processo OCR, não passou por revisão e pode conter erros de digitação.
Sua transcrição parcial ou total está autorizada, desde que seja citada a fonte e o texto conferido com o da imagem original.

Agradecemos desde já reportar-nos erros de digitação, através do
Fale conosco


CRÉDITOS
© Copyright 1951 -

Editora Padre Belchior de Pontes Ltda.

Diretor
Paulo Corrêa de Brito Filho

Jornalista Responsável
Nelson Ramos Barreto
Registro na DRT/DF
sob o nº 3116

Administração
Rua Javaés, 681
1° Andar
Bairro Bom Retiro
CEP 01130-010
São Paulo- SP

SAC
(11) 3331 4522
(11) 3331-4790
(11) 2843-9487

Correspondência
Caixa Postal 707
CEP 01031-970
São Paulo-SP

E-mail:
catolicismo@terra.com.br

ISSN 0102-8502

 HOME 
 
TOPO
+ZOOM
-ZOOM
Home Page
HOME
Ir ao texto da matéria
TEXTO