SANTOS E FESTAS DE MAIO


1

São José Operário, Esposo da Santíssima Virgem

De estirpe real, aprouve no entanto a Deus que ele exercesse o trabalho manual, a fim de servir de exemplo a todos os trabalhadores católicos.


2

Santos Exupério, Zoé, Ciríaco e Teodolus, Mártires

+ Panfília (Ásia Menor), 140. Por se recusar a participar de ritos pagãos, esta família de escravos – pais e filhos – foi severamente açoitada e queimada viva.


3

Santos Felipe e Tiago Menor, Apóstolos

+ Séc. I. São Felipe deixou a casa, mulher e filhos em Betsaida para seguir Nosso Senhor, sendo martirizado em Hierápolis, na Frígia (Ásia Menor). São Tiago Menor, primo de Nosso Senhor, foi o primeiro Bispo de Jerusalém, onde sofreu o martírio. É autor de admirável epístola.

(No calendário tradicional: Dia da Invenção da Santa Cruz).


4

São Roberto Lawrence, Abade, Mártir

+ Tyburn (Inglaterra), 1535. Abade da Cartuxa de Beauvale, em Nottinghamshire, foi barbaramente torturado e enforcado por se recusar a aceitar o Ato de Supremacia, através do qual o herético Henrique VIII se nomeava chefe da Igreja na Inglaterra (origem do anglicanismo).

Primeira sexta-feira do mês.


5

Santo Hilário de Arles, Bispo

+ França, 449. De família pagã da alta nobreza, e ocupando elevado cargo no governo, renunciou a tudo após ser convertido por Santo Honorato, seu parente, a quem seguiu no Mosteiro de Lerins e depois sucedeu no Bispado de Arles.

Primeiro sábado do mês.


6

São João Apóstolo na Porta Latina

+ Séc. I. O Imperador romano Domiciano condenou o Apóstolo virgem a ser lançado, aos 90 anos, em uma caldeira de azeite fervente junto à Porta Latina. Saiu dela rejuvenescido, e foi então desterrado para a ilha de Patmos, sendo o único Apóstolo não mártir.


7

São João de Beverly, Bispo

+ Inglaterra, 721. Monge beneditino e depois Bispo de York, onde sucedeu a São Bosa. Notável por sua contemplação contínua, santidade de vida e dom de milagres, teve sua biografia escrita por São Beda, o Venerável, a quem ordenara sacerdote.


8

São Pedro de Tarantésia, Bispo e Confessor

+ França, 1174. Ingressou no mosteiro cisterciense de Bonnevaux, sendo seguido pelo pai e por dois irmãos. Nomeado arcebispo de Tarantésia, reformou a disciplina eclesiástica e substituiu o clero corrupto de sua catedral por cônegos regulares. Depois desapareceu, tornando-se irmão leigo em um convento na Suíça. Encontrado, teve que reassumir as suas antigas funções.


9

São Beato de Vendôme, Confessor

+ França, séc. III. Missionário na Gália antiga, converteu numerosos pagãos por suas palavras, exemplo e santidade de vida.


10

Santo Antonino de Florença, Bispo e Confessor

+ Florença, 1459. Antonio, conhecido pelo diminutivo por causa de sua estatura, tornou-se célebre por sua doutrina e obras. Defendeu o Papado no Concílio de Basiléia, e a sã doutrina católica no de Florença, contra os autores do cisma grego.


11

São Francisco de Girolamo, Confessor

+ Nápoles, 1716. Jesuíta pregador popular, passou a vida evangelizando o sul da Itália, onde seus sermões atraíam multidões. “Mostrou maravilhosa caridade e paciência em procurar a salvação das almas” (do Martirológio Romano).


12

São Domingos de la Calzada, Confessor

+ Espanha, 1109. Este eremita teve a singular vocação de tornar menos rude o caminho dos numerosos peregrinos que se dirigiam a Compostela, construindo para eles uma estrada (calzada), uma ponte e uma hospedaria.


13

ASCENSÃO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

Primeira aparição de Nossa Senhora em Fátima, em 1917


14

São Matias, Apóstolo e Mártir

+ Séc. I. Um dos 72 Discípulos de Cristo, foi sorteado entre outros para substituir o infame traidor Judas Iscariotes no Colégio Apostólico (festividade anteriormente celebrada a 24 de fevereiro).


15

Santo Isaías de Rostov, Confessor

+ Rússia, 1090. Monge, Abade do Mosteiro de São Demétrio em Kiev, e por fim Bispo de Rostov. Trabalhou para converter os pagãos.


16

São João Nepomuceno, Mártir

+ Praga, 1393. Consagrado a Deus pelos pais, desde o nascimento, tornou-se confessor da rainha e “cônego da catedral. Tentado em vão (pelo rei Venceslau IV) a trair o sigilo confessional, foi lançado ao Rio Moldávia, merecendo assim a palma do martírio” (do Martirológio Romano).


17

São Pascoal Bailão, Confessor

+ Valência, 1592. Irmão leigo franciscano, de pureza angélica, passava horas diante do Santíssimo Sacramento, onde recebeu a profunda ciência com que refutava hereges e explicava sabiamente os mistérios de nossa Fé.


18

São João I, Papa e Mártir

+ Ravenna (Itália), 526. “Aí aprisionado por Teodorico, rei ariano da Itália, por causa de sua fé ortodoxa, foi longamente afligido na prisão até morrer. Seu corpo foi levado a Roma e sepultado na Basílica de São Pedro” (do Martirológio Romano).


19

Santos Pudêncio, Mártir, e Pudenciana, Virgem

+ Roma, séc. II. Pudêncio era um senador romano batizado pelos Apóstolos e martirizado por sua fé, sorte que coube também a uma de suas filhas, Santa Praxedes. A outra filha, Pudenciana, após ter reverentemente sepultado muitos mártires e distribuído sua fortuna entre os pobres, faleceu santamente aos 16 anos de idade.


20

DOMINGO DE PENTECOSTES


21

Santo André Bobola, Mártir

+ Polônia, 1657. Oriundo de uma das mais antigas famílias da Polônia, entrou para a Companhia de Jesus, dedicando-se à pregação na Lituânia, e depois na Polônia. Foi martirizado por cossacos russos cismáticos, com tantos requintes de crueldade, que a Sagrada Congregação dos Ritos afirma ter sido o martírio mais cruel já apresentado àquela Sagrada Congregação.


22

Santa Rita de Cássia, Viúva

+ Itália, 1457. Suportou durante 18 anos as asperezas e infidelidades de um marido de caráter brutal, a quem converteu com sua paciência e espírito sobrenatural. Tendo ele sido assassinado, pediu a Deus a morte dos filhos, que queriam vingar a do pai. Após a morte destes, entrou para o convento das agostinianas, onde recebeu na fronte um dos espinhos da coroa do Salvador. Operou tantos milagres, que tornou-se conhecida como “Advogada das causas perdidas” e “Santa dos impossíveis”.


23

Santa Joana Antida Thouret, Virgem

(Vide p. 22)


24

Nossa Senhora Auxílio dos Cristãos

Nossa Senhora apareceu aos muçulmanos durante a batalha de Lepanto (7 de outubro de 1571), disseminando entre eles o terror. Vencida a batalha pelos cristãos, o Papa São Pio V, em agradecimento, mandou cunhar a imagem de Nossa Senhora Auxílio dos Cristãos.


25

São Gregório VII,

Papa

+ Salerno, 1085. Um dos maiores Pontífices da Santa Igreja, foi seu acérrimo defensor contra as investidas do poder temporal, promoveu importantes reformas no clero relaxado e morreu no exílio, perseguido pelo Imperador alemão Henrique IV.


26

São Felipe Neri, Confessor

+ Roma, 1595. Fundador da Congregação do Oratório, cuja principal finalidade era a renovação da vida cristã entre os leigos de Roma. Pelo seu caráter amável, São Felipe foi chamado o “santo da alegria” ou “o jogral de Deus”.


27

DOMINGO DA SANTÍSSIMA TRINDADE

Santo Agostinho de Cantuária, Bispo e Confessor

+ 605. Enviado pelo Papa São Gregório Magno, evangelizou a Inglaterra, sendo considerado o apóstolo daquela nação.


28

São Bernardo de Montjoux, Confessor

+ Aosta, 1081. Vigário Geral da diocese de Aosta, durante mais de 40 anos trabalhou como missionário na região dos Alpes. Fundou duas hospedarias nos passos chamados Pequeno e Grande São Bernardo, onde estabeleceu um mosteiro de monges agostinianos dedicados a socorrer, com seus grandes cães, viajantes extraviados na neve.


29

São Cirilo de Cesaréia, Mártir

+ Ásia Menor, 251. Abraçou o cristianismo quando ainda menino, sem o conhecimento do pai, que o expulsou de casa e o denunciou. Como se negou a renunciar à Fé, foi decapitado. Modelo de todos os que perseveram na fé contra a perseguição de pais ímpios.


30

Santa Joana d’Arc, Virgem

+ Rouen (França), 1431. Suscitada por Deus para livrar a França do jugo inglês, esta virgem guerreira foi depois traída e queimada como feiticeira. Reabilitada por Calisto III em 1456, teve a heroicidade de virtudes reconhecida por São Pio X em 13 de dezembro de 1908, sendo por ele beatificada em 1909, e canonizada por Bento XV em 1920.


31

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

Visitação de Nossa Senhora

(No Calendário tradicional, Nossa Senhora Rainha)

Intenções para a Santa Missa em maio

Será celebrada pelo Revmo. Padre David Francisquini, nas seguintes intenções:

Em louvor a Nossa Senhora de Fátima, por ocasião da comemoração do 101º aniversário da 1ª aparição aos três pastorinhos (13 de maio), pedindo-lhe que antecipe o triunfo do Imaculado Coração de Maria. Rogando também que Ela abençoe e proteja os leitores de Catolicismo e suas respectivas famílias, e conceda a todos a firme perseverança no crescente apostolado de difusão da Mensagem de Fátima.

Intenções para a Santa Missa em junho

Reparação ao Sagrado Coração de Jesus (neste ano, festa comemorada pela Igreja no dia 8 de junho) e ao Imaculado Coração de Maria (9 de junho), devido aos ultrajes e blasfêmias proferidos contra Eles, e rogando graças e bênçãos para nossa Pátria na atual conjuntura preocupante que atravessa. Rezaremos também pelos católicos vítimas da prolongada guerra na Síria.