EXCERTOS

Particular devoção ao Sagrado Coração de Jesus

Plinio Corrêa de Oliveira

Sendo o mês de junho dedicado ao Sagrado Coração de Jesus (neste ano, celebrado especialmente no dia 8), reproduzimos abaixo trecho de uma conferência de Plinio Corrêa de Oliveira em 12 de dezembro de 1985, sem a sua revisão.

Quando eu era menino, conheci a imagem do Sagrado Coração de Jesus que fica na igreja de mesmo nome, localizada no bairro Campos Elíseos da capital paulista, e percebi que era uma imagem bendita. Passei a rezar longamente aos pés dela, tanto a Ladainha do Coração de Jesus [vide pág. 45] quanto outras orações.

Aquela imagem representou o ponto de partida da Contra-Revolução em minha alma, pois o Sagrado Coração de Jesus representava para mim o contrário do que eu via no mundo hollywoodizado. Eu considerava de modo arquetipizado o mundo que a Revolução Francesa destruiu, e o via como a realização do que o Sagrado Coração representava; não realizado in totum, mas em grande parte. A Revolução destruiu aquele mundo antigo, e passei então a pensar numa Contra-Revolução com o objetivo de fazer cessar as coisas que não eram conformes com o Sagrado Coração de Jesus. A raiz da Contra-Revolução em mim é a devoção a Ele.

Poder-se-ia objetar: Por que o Sagrado Coração, e não Jesus Cristo expirando na Cruz ou em outro aspecto de Sua vida? Na Ladainha do Sagrado Coração de Jesus há a seguinte invocação: Cor Jesu, lancea perforatum, miserere nobis! (Coração de Jesus, atravessado pela lança, tende piedade de nós!). Costumo rezá-la em latim diante de um Crucifixo, em que se adora Nosso Senhor na Cruz ou morto, mas prefiro adorá-lo no Coração d’Ele. A graça chama cada um para certo tipo de devoção, o que é legítimo, mas a minha preferência é esta.

Deus me livre de negar as outras mil formas magníficas de devoções com que a Igreja Católica não cessou de louvar Nosso Senhor Jesus Cristo ao longo da História. Quanto a mim, sinto que fui chamado para adorá-Lo especialmente no Sagrado Coração, embora transborde de admiração pelas outras devoções. São todas correlatas.

Sumário

2 EXCERTOS

4 CARTA DO DIRETOR

5 PALAVRA DO SACERDOTE
- Por que Deus nos permite as enfermidades?

8 CORRESPONDÊNCIA

10 REALIDADE CONCISAMENTE

12 DISCERNINDO
- Perseguição anti-católica em propagandas

14 ENTREVISTA
- Na Europa, corrosão de tradições da Cristandade

18 VARIEDADES
- Nos animais, o instinto. No homem, a inteligência

24 VERDADES ESQUECIDAS
- É obra de caridade coibir os maus exemplos

26 CAPA
- São Pedro, Papa e Vigário de Jesus Cristo na Terra

40 EPISÓDIOS HISTÓRICOS
- Batalha para a reconquista de Belgrado

44 POR QUE NOSSA SENHORA CHORA?
- Ultraje a Nossa Senhora Aparecida no Santuário

45 ORAÇÕES SIGNIFICATIVAS
- Ladainha do Sagrado Coração de Jesus

46 SANTOS E FESTAS DO MÊS

48 AÇÃO CONTRA-REVOLUCIONÁRIA
- Movimento LGBT, fanático e intolerante

52 AMBIENTES, COSTUMES, CIVILIZAÇÕES
- Sem o Sol, as coisas seriam apenas o que são

Nossa Capa:
- Cristo entrega as chaves a São Pedro – Jean Auguste Dominique Ingres, 1820. Museu Ingres, Montauban (França).