EXCERTOS

Santo Elias
A espada e o escudo da verdadeira fé

Plinio Corrêa de Oliveira

Nos dias 16 e 20 de julho, celebram-se respectivamente as festividades de Nossa Senhora do Carmo e do Profeta Elias, fundador da Ordem carmelitana. Para marcar essas memoráveis datas, transcrevemos algumas considerações do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira em uma conferência de 20-7-67.

Celebramos hoje a festa de Santo Elias. Ele constituiu a primeira Ordem religiosa que houve na História, cujos membros moravam no Monte Carmelo [nas proximidades de Jerusalém].

A Ordem do Carmo tem como finalidade principal propagar o culto a Nossa Senhora. No seu nascimento, combatia também o politeísmo na nação judaica. Os seguidores de Santo Elias eram a espada e o escudo da verdadeira fé.

Elias pode ser considerado o príncipe dos profetas, porque teve um papel maior que todos os outros. Converteu mais gente, atuou mais profundamente no povo judeu, do qual foi um verdadeiro condutor, salvou a nação eleita da ruína e lutou contra os erros do seu tempo. Num momento em que a nação estava completamente deteriorada, a Providência o escolheu para comunicar seu espírito a uma Ordem de religiosos, e a partir dela a toda a nação eleita. Foi escolhido para dirigir o povo de Deus naquele momento de hecatombe, e concentrou em si todo o espírito que Deus queria conceder à nação judaica para que ela ressurgisse.

Elias foi o primeiro a considerar a devoção a Nossa Senhora, simbolizada na nuvenzinha que surgiu no alto do Monte Carmelo, e que se transformou numa nuvem enorme, dando origem a uma chuva que salvou o povo de Deus da miséria. Nossa Senhora é simbolizada pela nuvem, e o Messias é simbolizado pela chuva.

Devemos pedir a Santo Elias um aumento de nossa devoção a Nossa Senhora, pois assim alcançaremos a felicidade celeste. Quanto à felicidade terrena, só uma é verdadeira: conhecer a finalidade para a qual nascemos, segundo os planos de Deus, e realizar essa finalidade.

LEGENDA:
Imagem de Santo Elias na igreja de São José, Madri

SUMÁRIO

2 EXCERTOS

4 CARTA DO DIRETOR

5 SOS FAMÍLIA
O pátrio poder negado ao bebê inglês Alfie Evans

8 CORRESPONDÊNCIA

10 REALIDADE CONCISAMENTE

12 ENTREVISTA
Cinco anos do atual Pontificado

20 POR QUE NOSSA SENHORA CHORA?
No Metropolitan, desfile exibe ódio ao catolicismo

23 VERDADES ESQUECIDAS
Abuso da misericórdia divina

26 CAPA
Em Defesa da Ação Católica contra o progressismo

40 VIDAS DE SANTOS
Santa Maria Goretti, Virgem e Mártir

44 FOTO EM FOCO
Castelo de Windsor, repositório da tradição inglesa

46 SANTOS E FESTAS DO MÊS

48 AÇÃO CONTRA-REVOLUCIONÁRIA

52 AMBIENTES, COSTUMES, CIVILIZAÇÕES
Atitudes de trabalhadores desmentem teorias comunistas

Nossa Capa: Foto de Dom Robert Le Gall, Arcebispo de Toulouse (França), durante a celebração do "Festival dos Povos", em 2011. Na atual situação de crise na Igreja, celebrações-show suprimiram a sacralidade das missas e ambientes católicos anteriores ao Concílio Vaticano