Catolicismo n° 811, julho de 2018
Revista Catolicismo
Busca Google dentro do Site:
« »
<<       Página       >>


SANTOS E FESTAS DE JULHO


1

Festa do Preciosíssimo Sangue

(no calendário tradicional)

Devoção estendida a toda a Igreja pelo Beato Pio IX para este dia, quando lhe foi possível, com a ajuda dos franceses, voltar a Roma, de onde tinha sido expulso no ano anterior pelos revolucionários. São Pio X instituiu a festa para o mesmo dia.

Santo Olivério Plunkett, Bispo e Mártir

+ Londres, 1681. Irlandês, ordenado sacerdote em Roma e depois eleito Bispo e Primaz da Irlanda, foi martirizado em Londres.


2

(Visitação de Nossa Senhora, no calendário tradicional)

São Bernardino Realino, Confessor

+ Lecce (Itália), 1619. Formado em Direito Civil e Canônico, advogado fiscal de Alessandria, no Piemonte, tudo abandonou para servir a Deus na Companhia de Jesus.


3

São Tomé, Apóstolo

+ Índia, Séc. I. Segundo a tradição, pregou o Evangelho na Armênia, na Média, na Pérsia e na Índia, onde foi martirizado. Alguns sustentam que ele teria passado pela América, e inclusive pelo Brasil. Por seu apostolado e sua morte, confessou a Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, da qual duvidara por momentos.


4

Santa Isabel, Rainha de Portugal

Santo Ulrico, Bispo e Confessor

+ Augsburgo (Alemanha), 972. Zelou pela disciplina do clero em sínodos anuais, reafervorou o povo por meio da pregação e de visitas pastorais, protegeu os pobres e fundou mosteiros.


5

Santo Antônio Maria Zaccaria, Confessor

+ Itália, 1539. Foi um dos grandes santos que se empenharam na restauração da Igreja na Itália antes do Concílio de Trento. Fundou para isso a Congregação dos Clérigos Regulares de São Paulo, ou Barnabitas.


6

Santa Maria Goretti, Virgem e Mártir

(Vide p. 40)

Primeira sexta-feira do mês.


7

Beatos Rogério Dickenson e Raul Milner, Mártires

+ Winchester (Inglaterra), 1591. Raul era agricultor analfabeto, abjurou o protestantismo e foi preso no dia de sua Primeira Comunhão. Liberado, passou a auxiliar os católicos perseguidos. Uniu-se ao Pe. Rogério, ajudando-o no ministério clandestino entre os católicos. Encarcerado com ele, recusou-se a abjurar a verdadeira fé, sendo ambos executados.

Primeiro sábado do mês.


8

São Quiliano, Bispo e Mártir

+ Wurtzburgo (Alemanha), 689. Irlandês de origem, partiu para evangelizar a Baviera. Quando seu apostolado ia ser coroado de sucesso com a conversão do Duque de Wurtzburgo, a cunhada deste mandou assassiná-lo na ausência do Duque.


9

Santa Paulina do Coração de Jesus Agonizante, Virgem

+ São Paulo, 1942. Oriunda da Itália, aos dez anos emigrou com a família para o Brasil, estabelecendo-se inicialmente em Santa Catarina. Fundou a primeira congregação religiosa feminina brasileira, as Irmãzinhas da Imaculada Conceição.


10

Beato Pacífico, Confessor

+ Bélgica, 1230. Trovador, converteu-se aos 50 anos após ouvir São Francisco pregar. Este o recebeu em sua Ordem, enviando-o depois para estabelecê-la em Paris.


11

São Bento, Abade

+ Montecassino (Itália), 547. Patriarca dos monges do Ocidente, Patrono da Europa. Seus monges reconstruíram aquele continente arrasado pelos bárbaros, dando origem à civilização cristã medieval. São Gregório Magno afirma que ele "estava cheio do espírito de todos os justos", e Bossuet o chama de "síntese perfeita do cristianismo". Lutou por uma Europa católica, oposta à que hoje se quer construir.


12

Beatos João Jones e João Wall, Mártires

+ Inglaterra, 1598 e 1679 respectivamente. De família católica galesa, João Jones entrou na Ordem Franciscana em Roma. Enviado para a missão inglesa, acabou sendo preso, decapitado e esquartejado por ódio à fé. João Wall, também franciscano, trabalhou na clandestinidade durante 22 anos no Condado de Worcester, onde foi executado.


13

Santo Henrique II e Santa Cunegundes

+ Alemanha, 1024 e 1033 respectivamente. Santo Henrique era Duque da Baviera quando recebeu do Papa a coroa do Sacro Império Romano Alemão, por seu zelo em prol da propagação da fé e sua vida profundamente religiosa. Guardou a castidade perfeita com sua esposa, Santa Cunegundes, que após a morte do marido ingressou num mosteiro por ela fundado.


14

São Camilo de Lellis, Confessor

+ Roma, 1614. De nobre família, foi expulso do exército por mau caráter e vício de jogar. Por causa do jogo, perdeu a fortuna e teve de mendigar. Tocado pela graça, entregou-se ao serviço dos enfermos nos hospitais, especialmente dos pestíferos. Fundou para isso a Ordem dos Ministros dos Enfermos, ou Camilianos. Morreu vítima de sua caridade, com moléstia contagiosa que contraíra. Leão XIII declarou-o patrono dos hospitais e dos enfermos.


15

São Boaventura, Bispo, Confessor e Doutor da Igreja

+ Lyon (França), 1274. Discípulo de São Francisco de Assis, distinguiu-se por sua sabedoria e piedade. Seus escritos, impregnados de unção sobrenatural, lhe valeram o título de Doutor Seráfico. Geral dos franciscanos e cardeal, morreu em Lyon durante um concílio.


16

Nossa Senhora do Carmo

São Sisenando, Mártir

+ Córdoba (Espanha), 851. Pregador audaz e fogoso, foi lançado ao cárcere e depois martirizado pelos maometanos.


17

Beato Inácio de Azevedo e Companheiros, Mártires

+ 1570. Quando estavam a caminho de nossa Pátria, que vinham evangelizar, estes quarenta Mártires do Brasil foram vítimas de piratas heréticos protestantes. Em um êxtase, Santa Teresa os viu entrando no Céu.


18

São Filastro, Confessor

+ Bréscia (Itália), 386. Acérrimo inimigo dos arianos, foi nomeado pároco de Bréscia.


19

Santo Arsênio, Confessor

+ Mênfis (Egito), 412. Romano, retirou-se para o deserto no Egito, a fim de fugir das ciladas do mundo.


20

Santo Elias, Profeta

Santo Aurélio, Bispo e Confessor

+ Cartago, 430. Foi bispo de Cartago desde cerca de 391, e deixou vários conselhos eclesiásticos da doutrina Cristã. Santo Agostinho de Hipona admirava o trabalho de Aurélio, e várias cartas destes sobreviveram ao tempo.


21

São Lourenço de Brindisi, Confessor e Doutor da Igreja

Santa Praxedes, Virgem

+ Roma, séc. II. Con


Intenções para a Santa Missa em julho

Será celebrada pelo Revmo. Padre David Francisquini, nas seguintes intenções:

Suplicando a Nossa Senhora do Carmo (cuja festa se celebra no dia 16) uma fervorosa devoção a Ela, a maior expansão possível do uso do seu Escapulário, e que nos obtenha a salvação eterna. Pedir-lhe-emos também — por intermédio de Santo Elias (considerado fundador do Carmelo e celebrado no dia 20) — que frustre as articulações dos adversários da Igreja Católica e não permita a aprovação de leis imorais no Brasil.

Intenções para a Santa Missa em agosto

Em louvor da gloriosa Assunção de Nossa Senhora ao Céu — uma das mais antigas festas marianas, comemorada no dia 15 de agosto —, para que do mais alto de sua glória Ela abençoe todos os leitores e colaboradores de Catolicismo.



Advertência

Este texto, reconhecido pelo processo OCR, não passou por revisão e pode conter erros de digitação.
Sua transcrição parcial ou total está autorizada, desde que seja citada a fonte e o texto conferido com o da imagem original.

Agradecemos desde já reportar-nos erros de digitação, através do
Fale conosco


CRÉDITOS
© Copyright 1951 -

Editora Padre Belchior de Pontes Ltda.

Diretor
Paulo Corrêa de Brito Filho

Jornalista Responsável
Nelson Ramos Barreto
Registro na DRT/DF
sob o nº 3116

Administração
Rua Javaés, 681
1° Andar
Bairro Bom Retiro
CEP 01130-010
São Paulo- SP

SAC
(11) 3331 4522
(11) 3331-4790
(11) 2843-9487

Correspondência
Caixa Postal 707
CEP 01031-970
São Paulo-SP

E-mail:
catolicismo@terra.com.br

ISSN 0102-8502

 HOME 

EDIÇÃO POR

TOPO
 
+ZOOM
-ZOOM
 
HOME PAGE
HOME
 
IR AO TEXTO DA MATÉRIA
TEXTO