Dezembro de 2016
Carta dos Leitores
Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão
Correspondência

Cumplicidade

Inacreditável ler sobre um governo, como o colombiano, que negocia com terroristas das FARC, que não renunciam aos seus princípios destruidores da nacionalidade colombiana. Inclusive defendem a Ideologia de Gênero. Esses terroristas são contra a Pátria, contra a Propriedade, contrários à Família. O presidente Manuel Santos seria ingênuo? Ou cúmplice?

(C.M. — MG)

 

Rejeição das FARC

Excelente artigo! Aqui no Brasil a mídia infiltrada e dominada pelo socialismo bolivariano deu pouca importância ao NÃO do povo colombiano e não informou ao povo brasileiro que já se posicionou contra os golpistas bolivarianos existentes em nosso País.

(M.H. — RJ)

 

Inexplicável

O chamado “Acordo de Paz” na Colômbia era um trampolim para os chefes das Farc terem direito a cadeiras no Parlamento — automaticamente!!! Por que razão a grande mídia, a ONU, o Vaticano e Cuba estavam tão empenhados nesse acordo? Interferência papal: como explicar o inexplicável?

(M.M. — MG)

 

Comemorar Lutero?!

No início desse papado, fiquei esperançosa de que aconteceria uma renovação boa, mas minha esperança durou pouco. Isto porque comecei a ficar muito preocupada com os atos do Papa Francisco abrindo as portas da Igreja para que nela entrassem as porcarias do mundo pecaminoso e não o que esperávamos que entrasse: o oxigênio da pureza da doutrina católica. Depois, depois, depois, nem preciso enumerar. Foram tantas as decepções que fiquei pensando: Só Deus mesmo para sustar esse sistema de atos que desprestigiam a Igreja d’Ele. Aquele raio que caiu na basílica de São Pedro eu penso ter sido um grande aviso. Não adiantando, vieram os terremotos na Itália. Acho que são sinais de que Deus está muito descontente com os atos desse papado. Agora Francisco vai comemorar a heresia? Comemorar aquele homem que saiu da Igreja e fez de tudo para destruí-la? Meu Deus do Céu, tenha pena de nós católicos! Se os protestantes se converterem, tudo bem, as portas estarão abertas para eles, mas só podemos ter união na VERDADE e não nos erros da heresia.

(O.S.M. — ES)

 

Falso ecumenismo

Preocupante esta aproximação com o protestantismo, pois libera todos os fiéis e sacerdotes para procedimento idêntico. Alguns poderão entender estarem liberados para comparecer a cultos, cerimônias e comemorações de outras religiões, sofrendo assim as influências desses contatos, cujo resultado será a confusão. Dúvidas sobre pontos doutrinários, análises comparativas entre as normas católicas e as da religião visitada, como, por exemplo, o celibato clerical. Afinal, nós católicos seremos os únicos certos nesta matéria? Quem nasceu para o altar tem de viver exclusivamente para o altar? Não pode desenvolver uma atividade remuneratória paralela para custear suas despesas? Tudo isso poderá contribuir para o fim do celibato clerical, juntamente com o fim da Igreja Católica tal como a conhecemos hoje, para dar lugar a outra coisa muito próxima do modelo da Igreja Universal do Reino de Deus, onde até o termo “bispo” é usado para designar seus dirigentes.

(A.L.C. — BA)

 

Surpreendente

O Papa Francisco somente me surpreenderá quando se pronunciar em defesa da ortodoxia da nossa Fé. Desde a sua posse, aos poucos, ele vai saindo da dubiedade das palavras e gestos para o escancarado ataque à Santa Doutrina.

(R.R.S. — SP)

 

Sinais dos tempos?

O Papa participando dessa abominação na Suécia e os terremotos abalando a Itália. Será simples coincidência?

(M.F.C. — RS)

 

Revolução Protestante

As posições de Lutero foram claramente heréticas. Em nenhum momento os ensinamentos da Igreja deixaram transparecer qualquer contradição na historicidade dos fatos relacionados com as ações do heresiarca. Bem diferente da concepção que se busca disseminar hoje, de modo especial na consciência dos católicos, que por razões lógicas haverão de se opor a uma postura de negação por parte da Igreja. Com efeito, o pano de fundo com o qual se busca justificar a Revolução promovida por Lutero é a sutileza de uma mensagem subjetiva e sutil, fundamentada na ideia de que a sua posição se resumia no protesto contra práticas maliciosas da Igreja na vivência dos ensinamentos evangélicos. Cito o exemplo da negação das indulgências, argumento bastante utilizado pelos protestantes nas suas diversas denominações para atacar a Igreja, cujo jargão é: “A Igreja vendia indulgências”. Penso que não podemos deixar de nos preocupar com a possibilidade de a Igreja estar sendo conduzida por um caminho perigoso, à custa da negação de verdades fundamentais de seu Magistério bimilenar. Na medida em que busca justificar suas ações para efetivar um anelado ecumenismo, quem garantirá que no futuro tais ações não sirvam de argumentos dos opositores da Igreja para alegar supostas contradições dos ensinamentos evangélicos sobre a indissolubilidade do casamento, a prática do aborto e do homossexualismo?

(J.L.F.G.A. — RJ)

 

“Fumaça de Satanás”

Analisando tudo quanto disse e realizou o Papa Paulo VI, não me parece que tenha, sinceramente, “lamentado” a intoxicação [da Igreja] pela “fumaça de Satanás”. Com todo o respeito devido ao Papado, tenho a convicção de que não só ele, como também João XXIII e os demais Papas pós-conciliares, especialmente Francisco, se empenharam na “autodemolição” da Igreja e da Civilização Cristã, assim como um número expressivo de outras autoridades eclesiásticas. Delas não ouvimos a voz de Cristo, mas sim a de Belial.

(R.A.L. — BA)

 

Sacrilégio

Levar a Imagem de Nossa Senhora Aparecida a uma escola de samba no carnaval é sacrilégio. Mãe de todos nós, escolhida para ser a Mãe do Salvador, está sendo ofendida por aqueles prelados que deveriam protegê-la. Eles estão permitindo que esse ato sacrílego seja praticado por proprietários de escolas de samba, expondo a Mãe de Jesus juntamente com um bando de homens que não são católicos. Pense bem, Senhor Bispo de Aparecida, não permita que esse ato aconteça. Não dê permissão. Maria é Santa e nossa Mãe.

(E.M.C. — SP)

 

Infiltração na Igreja

Os maiores inimigos de Nossa Senhora estariam dentro da Igreja? As ofensas à Santíssima Virgem Mãe têm começado pelos maus exemplos a partir de dentro, como recentemente todos tiveram a lastimável oportunidade de presenciar e ver pelas redes os vídeos, grupos de umbanda — que são satanistas — entrando, com seus trajes, na Basílica de Nossa Senhora Aparecida entoando cânticos executados em seus terreiros! Entraram também mulheres umbandistas com roupas muito decotadas e fazendo demonstrações de suas danças típicas de centros espíritas! Infelizmente, os desrespeitos e os maus exemplos têm começado por membros da Igreja. Não deixaremos de protestar contra essa profanação que farão contra a Santíssima Virgem e Mãe no bacanal conhecido como carnaval — dias dedicados a Satã! “Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade”. (1 Tm 3,15).

(G.R. — RJ)

 

Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão