Setembro de 2002
Verdadeira fisionomia dos Santos e dos Anjos
Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão
Ambientes, Costumes e Civilizações

Verdadeira fisionomia dos Santos e dos Anjos

Plinio Corrêa de Oliveira

Os Santos são propostos pela Santa Igreja Católica para que nós os imitemos. São pessoas excepcionais que a graça de Deus suscita, favorece, guia, bafeja e leva até o último instante da vida, na perfeição do cumprimento da virtude, para que os fiéis os conheçam e imitem. Isto assim posto, compreendemos bem a importância que há em se conhecer a verdadeira fisionomia dos Santos.

Daí se explica o entusiasmo que tive quando, lá pelos idos de 1950, li numa revista européia o anúncio da publicação de um livro alemão intitulado A verdadeira fisionomia dos Santos. Não tive dúvida, mandei trazer a obra. Era a compilação de fotografias, máscaras mortuárias e outros documentos seguros que davam a face historicamente correta de vários Santos.

O autor do livro não fez o que poderia ter feito: colocar, ao lado das fisionomias autênticas, as fisionomias erradas dos Santos, deixando claro, pela comparação, as enormes deformações efetuadas por certos artistas.

***

As considerações acima, referentes aos Santos, poderiam ser aplicadas aos Anjos.

Examine-se, por exemplo, a fisionomia do anjinho que se vê à esquerda: procurem-se nessa fisionomia traços de luta. Não se encontram. Ele mais parece um bonequinho! É como um bonequinho de louça, que se pode encontrar numa casa de brinquedos ordinária. Não tem expressão nenhuma. Um menininho bobinho, que tem como babador duas asas, e que está esvoaçando tontamente pelo céu.

Não tem nada do guerreiro espiritual magnífico, como um São Miguel Arcanjo, que enfrentou a luta contra Satanás, com seus seguidores no Céu, adequadamente representado na ilustração à esquerda, embaixo.

Narrando a luta dos Anjos, diz a Sagrada Escritura que uma grande luta travou-se no Céu. Deus, por império de sua vontade, poderia ter mandado diretamente para o inferno o demônio. Mas não agiu assim. Ele quis vencer por meio dos Anjos fiéis, e por causa disto os Anjos lutaram e combateram num grande prélio.

Aquele nenenzinho ali [o anjinho da foto] alguma vez lutou? Tem-se a impressão de que, se desmanchassem seu cabelo, ele choraria. De tal maneira ele se empenha em ter aquilo arranjadinho, cacheadinho. Nele a luta está ausente!

Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão