HOME
Capa

A transcendência da mensagem e do Segredo de La Salette

Uma obra documentada lança luz sobre o segredo e a mensagem de La Salette. No dia 19 deste mês comemora-se o 160º aniversário das aparições

Luis Dufaur


Na manhã de 19 de setembro de 1846, a pastorinha Mélanie Calvat, de 14 anos de idade, conduzia as vacas do seu patrão para pastar nos morros de La Salette, na região de Grenoble, contrafortes dos Alpes franceses. Um menino de 11 anos, que ela não conhecia, insistiu em acompanhá-la. Era Maximin Giraud, também ele pastorinho a serviço de um vizinho. Mélanie aceitou. Nenhum dos dois podia imaginar o evento sobrenatural que haveriam de testemunhar naquele dia providencial.

Mélanie gostava da solidão, do silêncio e da oração. Maximin era ingênuo e loquaz. Logo começou a pedir a Mélanie que lhe ensinasse um jogo. Ela lhe propôs o seu entretenimento preferido: fazer um paraíso, isto é, uma casinha de pedras toda recoberta com maços de flores silvestres. Após muito trabalho nessa construção, os dois tiveram fome e sono. Comeram um frugal lanche, deitaram na relva e dormiram.


Nossa Senhora, rainha destronada em prantos


Quando acordaram, tiveram uma surpresa: uma luz mais brilhante que o sol pousava sobre o paraíso que haviam construído. Maximin empunhou seu bordão e garantiu a Mélanie que, se a luz fosse má, ele a defenderia. Aproximaram-se do fulcro luminoso.

No cerne dele havia uma outra luz ainda mais brilhante, que se movia. Era uma Senhora coroada de flores, cuja celestial expressão Mélanie descreveu com palavras inspiradas. Sentada sobre o paraíso, a Senhora chorava com o rosto nas mãos. Era a Santíssima Virgem, hoje conhecida sob a invocação de Nossa Senhora de La Salette.

Olhando para as crianças, levantou-se e disse: "Vinde, meus filhos, não tenhais medo, estou aqui para vos trazer uma grande comunicação".


Vinculação profunda entre La Salette, Lourdes e Fátima

O nexo profundo entre Lourdes (acima) e La Salette inclui...

Comunicou-lhes então uma mensagem a ser divulgada e um segredo para ser revelado em 1858, ano em que Nossa Senhora apareceria em Lourdes, inaugurando uma era de graças que dura até hoje. De fato, essas duas manifestações da Mãe de Deus constituem um só todo. Em La Salette, como veremos, Ela anunciou o futuro do mundo até o fim dos tempos e as punições universais que pairavam sobre a humanidade impenitente. Em Lourdes Ela deu início a um dilúvio de graças para reerguer essa mesma humanidade e dar-lhe forças e estímulos para se afastar do mal e da Revolução.

O nexo profundo entre Lourdes e La Salette inclui Fátima, que, absolutamente falando, é a coroação dessas irrupções extraordinárias da Rainha do Céu na história humana.


Grande interesse e comoção no clero e no povo

...Fátima, que é a coroação das irrupções extraordinárias da Rainha do Céu na história humana

Mélanie e Maximin correram de volta às casas dos patrões e depois contaram tudo ao pároco. Este, ouvindo-os falar, comoveu-se até às lágrimas e fez um sermão na Missa, que impressionou vivamente os paroquianos. O bispo local, Mons. Philibert de Bruillard, de Grenoble, lendo o singelo relato, caiu em lágrimas.

A notícia espalhou-se como rastilho de pólvora. E não é de espantar, pois a França estava dividida religiosa e politicamente. De um lado havia os católicos ditos liberais e sociais, precursores do progressismo que hoje devasta a Igreja, conluiados com os continuadores do igualitarismo libertino e anticatólico da Revolução Francesa; esses católicos liberais sentiram-se apanhados e denunciados pela Mensagem no que tinham de mais interno. De outro lado, os católicos autênticos, defensores de todas as formas de legitimidade, ao lerem a mensagem de La Salette, tiveram uma confirmação de tudo o que a fé e a fidelidade à Igreja lhes inspirava.

Os sucessivos governos da época — monarquia ilegítima de Luís Felipe, segunda e terceira Repúblicas, bem como o império de Napoleão III — eram considerados com horror pelos melhores representantes do catolicismo francês. Tais governos não ocultaram seu ódio contra La Salette. Sobretudo Napoleão III, cujo jogo falso ficara desvendado em La Salette. Assim, a mensagem de Nossa Senhora incidiu na carne viva dos problemas religiosos, políticos e ideológicos da França. Mutatis mutandis, esses problemas eram os mesmos em todo o mundo católico ocidental daquela época.

Inimigos velados de La Salette, aventureiros, falsos místicos, políticos interesseiros colocaram em circulação versões embaralhadas da mensagem e até adulteradas, para justificar posições políticas previamente adotadas ou simplesmente desmoralizar as palavras de Nossa Senhora.

Independente dessa polêmica, peregrinações cresceram logo e constataram-se os primeiros milagres no local.

1 | 2 | 3 | 4 | 5 Continua
-->