Julho de 2001
Civilização de outrora versus civilização moderna
Ambientes, Costumes e Civilizações

Civilização de outrora versus civilização moderna

Plinio Corrêa de Oliveira

Para se compreender bem a diferença entre a civilização de outrora e a moderna, podemos analisar, por exemplo, o papel da costura na moda francesa do Ancien Régime* e na moda norte-americana.

No quadro de Agnolo Bronzino, o vestido não exibe nenhuma costura aparente (Natiolnalgalerie, Praga)

Na moda francesa, quanto menos a costura aparece, mais bonito é. Porque as coisas devem dar impressão de inteiras e não modeladas, portanto espontâneas. E quando não há remédio senão aparecer a costura, na moda antiga colocavam-se sobre ela alamares de ouro e de prata, para dar a entender que aquela roupa não tinha sido costurada, que era um tecido homogêneo no qual, de modo natural, o nobre tinha entrado. Tudo se passava com toda a naturalidade.

Detalhe da pintura de Luís XIV - Hyacinthe Rigaud, Museu do Louvre, Paris

O mesmo princípio aplicava-se na confecção de calçados: sapatos de verniz, com salto alto e vermelho, adornados com fivelas de ouro ou de prata (foto à direita). O verdadeiro era dar a idéia de que o sapato não tinha costura, de maneira tal que a única que aparecia era atrás, porque inevitável. E a menor possível, de forma que só uma pessoa com olhar agudo percebesse...

A moda norte-americana transformou a costura, não digo em adorno, mas numa pretensão de adorno. O bolso das roupas é postiço por fora, para tornar a costura aparente (foto à esquerda). O que outrora se escondia, hoje é transformado numa tentativa inábil de enfeite.

Quanto aos calçados, observamos esses sapatos — essas “chancas” de nossos dias — em que a costura é exibida no peito do pé, de forma hiante, e ainda com um babado! [E, a fortiori, esse comentário se aplica aos atuais tênis, tão generalizados!]

Assim, através da moda, ficam caracterizados dois mundos, duas épocas.

A do Ancien Régime é a época da naturalidade diáfana, leve, risonha e ultra-pensada. A outra ...

Excertos da conferência proferida pelo Prof. Plinio Corrêa de Oliveira para sócios e cooperadores da TFP, em 10 de junho de 1969. Sem revisão do autor.

(*) Chama-se Ancien Régime o antigo regime político-social vigente na França, na época anterior à Revolução de 1789. Referindo-se a essa época, um francês eminente comentou: “Quem não conheceu o Ancien Régime, não conheceu a doçura de viver.”