HOME
A Realidade Concisamente

Vendas de armas russas batem recorde e preocupam


A Rússia atualmente é a maior fornecedora mundial de armas — revelou relatório anual do Congresso americano. Ela vendeu U$30,2 bilhões em 2005 e superou os EUA pela primeira vez, após a queda do Muro de Berlim. Preocupam as vendas para China (aviões-tanque), Irã (mísseis antiaéreos, jatos e tanques) e governos esquerdistas latino-americanos. A Venezuela se armou como se previsse um confronto próximo com algum vizinho: 24 caças Su-30, 35 helicópteros e 100 mil fuzis AK-103. Ademais, adquirirá de 10 a 15 submarinos, 138 navios, radares, complexos antiaéreos e fábricas bélicas. Outro dado inquietante: a Coréia do Norte exportou 40 mísseis balísticos cujo comércio está proibido.

 

 

 

Crime revela duplo jogo da mídia, diz instituto

Mary Stachowicz

Mary Stachowicz, 51, piedosa mãe de quatro crianças, foi raptada, estuprada, torturada e sufocada com um plástico por Nicholas Gutierrez, homossexual “assumido”, em Chicago (EUA). Nas audiências do processo, os advogados do réu alegam “pânico defensivo anti-homofóbico” e caricaturam os cristãos como odientos enlouquecidos contra o homossexualismo. A mídia costuma apresentar de modo simpático somente as vítimas "politicamente corretas". Mary Stachowicz não entra nessa categoria, mas sim o seu assassino homossexual. A mídia abafa o crime, disse Cliff Kincaid, diretor de Accuracy in Media, de Chicago, instituto dedicado ao estudo das distorções da imprensa.

 

 

 

Tribunais naufragam em processos familiares

Leah W. Sears

Leah W. Sears, presidente da Suprema Corte do Estado da Geórgia (EUA), lançou um apelo para o casamento. Hoje, naquele país, menos da metade dos lares é composta por casais casados, e quase 36% dos nascimentos são extra-conjugais. As crianças educadas fora do casamento, disse Sears, sofrem mais de doenças físicas e mentais; abandonam mais a escola; abusam mais das drogas, do álcool e da violência, e correm mais risco de ficarem pobres. Os tribunais naufragam em processos decorrentes da infidelidade matrimonial, que geram um nível espantoso de intromissão do governo nas famílias. O problema só tem uma verdadeira solução: restauração da família, o que só é possível com o auxílio da graça divina e a prática dos Mandamentos.

 

 

 

Católicos quadruplicam na Arábia Saudita

Apesar de sanguinária perseguição, os católicos na Arábia Saudita aumentaram 400% em 30 anos: de 200 mil em 1974, passaram para 800 mil hoje, informou o professor de História e Pensamento da Universidade San Pablo de Madrid, José Luis Orella. A Arábia Saudita proíbe todo símbolo cristão e condena até à pena de morte os cristãos surpreendidos pela polícia religiosa praticando seu culto. No total, na Península Arábica há mais de 3 milhões de cristãos. A Igreja Católica mantém um vigário apostólico em Abu Dabi, onde há seis igrejas, além de quatro em Omã e outra no Bahrein.

Wal-Mart volta atrás e manda funcionários desejar Feliz Natal!


Todo ano a festa de Natal é objeto de manobras que visam esvaziá-la ainda mais de seu conteúdo religioso. Mas no Natal de 2005, nos EUA, grupos de católicos conservadores boicotaram a rede Wal-Mart — gigante mundial dos supermercados — porque esta tinha eliminado toda referência cristã em suas lojas e catálogos e proibido os funcionários de cumprimentar com o tradicional Feliz Natal. Diante da queda das vendas, Wal-Mart ordenou a seus funcionários não mais acatar a anterior proibição e passar novamente a cumprimentar com Feliz Natal. A cadeia também anunciou que deixará de financiar grupos homossexuais. A descatolização da vida pública não é uma fatalidade, ela pode e deve ser revertida. Mas é preciso que os católicos se coliguem para defender sua religião na sociedade, com inteligência e coragem.

Mao Tsé-Tung teria mandado martirizar frades

Mao Tsé-Tung

O vice-postulador dos franciscanos em Valencia (Espanha), Padre Benjamín Agulló, investiga o martírio de Frei Pascual Nadal, missionário da Ordem de São Francisco, decapitado na China em 1935. Frei Pascual tem fama de santidade na região onde fez apostolado. Mesmo ante a aproximação de uma coluna comunista chefiada por Mao Tsé-Tung — que impôs o comunismo na China — Frei Pascual, três franciscanos e três religiosas permaneceram com os leprosos de que cuidavam. "Se os comunistas me matarem, serei mártir e voarei ao Céu!", disse. Todos foram interrogados por Mao Tsé-Tung, e só frei Pascual e frei Epifânio Pegoraro não foram liberados. Pouco depois um verdugo os degolou com uma espada, sem piedade.

 

 

 

Assentado foge, abre fazenda e fica rico

Aquilino Sirtoli deplorou ter caído, 25 anos atrás, no conto da Reforma Agrária e entrado num acampamento dito “modelo” dos sem-terra. Sirtoli abandonou essa enganação, apesar da pressão exercida pelos bispos da Pastoral da Terra e líderes sem-terra. Aceitou do governo um lote em propriedade, e hoje tem uma fazenda de 1.500 hectares quase toda plantada de soja e avaliada em R$ 12 milhões. Entretanto, é considerado "traidor" pelo MST e pela Comissão Pastoral da Terra. Os que ficaram no assentamento amargam a miséria. Sirtoli não é caso único, e esses exemplos confirmam que o melhor auxílio para os que não têm terra é estimular a propriedade privada e a livre iniciativa, e nunca promover luta de classes.

Videogame inicia jovens no assassinato de menores

Cena do videogame

Rule of Rose, novo videogame produzido e distribuído pela Sony, transporta os jogadores a um orfanato, onde o desafio consiste em sepultar viva uma menina após fazê-la passar por várias fases de terror, torturas, violências físicas e psíquicas. O sádico jogo convida a "uma viagem entre os horrores da diversão eletrônica", comentou o diário “Corriere della Sera” de Milão. O videogame está no topo de vendas no Japão. Foi proibido nos EUA, mas as redes de distribuição pirata não têm escrúpulo em vender este e outros jogos que parecem ter como objetivo iniciar a juventude nos piores crimes. Depois, há pais liberais que não compreendem por que seus filhos se desviam para o mundo das drogas e do crime.

* * *

Breves Religiosas

Profanações de catedrais na Colômbia e no México

Movimento social pró-Oaxaca invade catedral do México, insultando cardeal e clero

Um fotógrafo, que foi preso, levou uma modelo nua para fotos, e assim profanar a catedral de Neiva (Colômbia). Membros de "movimentos sociais" irromperam na catedral da Cidade do México para insultar o Arcebispo, Cardeal Norberto Rivera Carrera, em plena Missa dominical. Simpatizantes do fracassado candidato populista Andrés Manuel López Obrador, hoje rebelado contra o governo eleito, praticaram várias dessas invasões. A Revolução Cultural e a socialista utilizam métodos análogos e convergentes, visando enxovalhar a Igreja Católica.

Atentados contra Nossa Senhora de Fátima na Paraíba

Mãos sacrílegas fizeram explodir um nicho de Nossa Senhora de Fátima, com bombas caseiras, em João Pessoa (PB). A detonação arrebentou a redoma de vidro que a protegia, arrancou-lhe as mãos, danificou a cabeça e destruiu totalmente as imagens de dois dos pastorzinhos. Dias depois, a igreja de Nossa Senhora de Fátima, no município de Patos (no sertão da Paraíba) foi também invadida por profanadores, os quais quebraram as imagens do Cristo Crucificado, do Sagrado Coração de Jesus, da Mãe Rainha, de Nossa Senhora de Fátima e de dois anjos. O inferno parece pressentir que estão contados seus dias de livre ação contra a Igreja, e por isso cresce em furor contra Aquela que o vencerá: a Santíssima Virgem.

-->