Dezembro de 2016
Santos e Festas de dezembro
Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão
Santos e Festas do Mês

1

Santos Edmundo Campion, Roberto Southwell e Companheiros, Mártires

+ Inglaterra, entre 1581 e 1679. Desses 10 jesuítas, oito eram ingleses e dois do País de Gales. Foram martirizados por ódio à fé.

 

2

São Cromácio, Bispo e Confessor

+ Itália, 407. Bispo de Aquileia, no Vêneto, desenvolveu em sua Sé uma espécie de ordem religiosa com vida clerical em comunidade. São Jerônimo denominou-o “o mais santo e o mais douto dos bispos”.

Primeira Sexta-feira do mês.

 

3

São Francisco Xavier, Confessor

+ Shangchuan, 1552. Discípulo de Santo Inácio de Loyola, apóstolo da Índia e do Japão, seu zelo alcançou Málaca e as Molucas. Faleceu aos 46 anos de idade na ilha de Shangchuan, China, país que pretendia evangelizar. São Pio X declarou-o patrono especial da obra da Propagação da Fé e das Missões católicas.

Primeiro Sábado do mês.

 

4

Santa Bárbara, Virgem e Mártir

+ Séc. III ou IV. Não é possível precisar os locais de seu nascimento e martírio. Padroeira da Artilharia, ela é invocada contra raios, morte súbita e impenitência final.

 

5

São Sabas, Confessor

+ Palestina, 532. Cognominado “a pérola do Oriente”, após vida eremítica nos desfiladeiros do Cedron reuniu e dirigiu numerosos eremitas, fundando o mosteiro que depois levou seu nome.

 

6

São Nicolau, Bispo e Confessor

+ Mira, 324. Bispo de Mira, na Ásia Menor, de eminente caridade, foi desterrado pelo Imperador Licínio. Derrotado este por Constantino, voltou à sua diocese, onde operou estupendos milagres. No Concílio de Niceia foi dos mais ardorosos adversários do arianismo. É um dos santos mais populares, tido como distribuidor de prêmios para os bons meninos.

 

7

Santo Ambrósio, Bispo, Confessor e Doutor da Igreja

+ Milão, 397. De nobre família romana, governador civil de Milão e depois bispo, conselheiro de imperadores e do Papa, teve papel decisivo na conversão de Santo Agostinho.

 

8

FESTA DA IMACULADA CONCEIÇÃO DA SANTÍSSIMA VIRGEM

Festa instituída oficialmente pelo Bem-aventurado Pio IX em seguida à promulgação desse dogma, em 1854, com base nos Evangelhos e coroando tradições muito antigas a respeito do assunto.

9

São Pedro Fourrier, Confessor

+ França, 1640. Entrou para a Congregação dos Cônegos Regulares, que revigorou por sua virtude e talento.

 

10

Trasladação da Santa Casa de Loreto

 

11

São Daniel Estilita, Confessor

+ Constantinopla, 493. Depois de visitar os Lugares Santos, fixou-se numa coluna às margens do Bósforo, aí vivendo como estilita por 33 anos.

 

12

Nossa Senhora de Guadalupe, Padroeira principal da América Latina

 

13

Santa Luzia, Virgem e Mártir

+ Siracusa, séc. IV. Consagrando a Cristo sua virgindade e renunciando em favor dos pobres seu rico patrimônio, foi degolada à espada. Santo Tomás a cita duas vezes na Suma Teológica. É invocada nas doenças dos olhos.

 

14

São João da Cruz, Confessor e Doutor da Igreja

+ Ubeda (Espanha), 1591. Co-reformador, com Santa Teresa, do ramo masculino da Ordem do Carmo e grande místico. Poucos penetraram mais a fundo nos arcanos da vida interior.

 

15

São Folcuíno, Bispo e Confessor

+ França, séc. IX. Primo-irmão do Imperador Carlos Magno, por sua autoridade e energia foi designado bispo para governar a região ainda bárbara de Thérouanne (norte da França).

 

16

Santas Virgens, Mártires

+ África, 480. Quando da invasão do norte da África pelos vândalos arianos de Hunerico, estas muitas virgens consagradas a Deus “defenderam a honra da Igreja de Cristo em meio a atrozes torturas” (Martirológio Romano Monástico).

 

17

Cinquenta Soldados de Gaza, Mártires

+ Egito, 630. Ao general árabe que os intimava a apostatar sob pena de morrerem, responderam: “Ninguém poderá nos separar do amor de Cristo; nem nossas mulheres, nem nossos filhos, nem as riquezas do mundo, pois somos servidores de Cristo, Filho do Deus Vivo, e estamos prontos a morrer por Aquele que morreu e ressuscitou por nós” (do Martirológio).

 

18

São Gatiano, Bispo e Confessor

+ Tours (França), séc. IV. Primeiro a pregar o Evangelho na região de Tours, da qual foi bispo.

 

19

São Nemésio, Mártir

+ Alexandria, séc. III. Absolvido de falsa acusação de roubo durante a perseguição de Décio, quando saía do tribunal foi denunciado como cristão e condenado pelo juiz a ser queimado vivo, recebendo assim a coroa do martírio.

 

20

São Teófilo de Alexandria e Companheiros, Mártires

+ Séc. III. “Estes soldados cristãos do tribunal imperial, vendo um de seus irmãos na fé vacilar diante do juiz, fizeram-lhe sinais para encorajá-lo. Ao perceber os seus gestos, o juiz os intimou e eles não hesitaram em confessar sua fé, sendo imediatamente condenados à morte” (do Martirológio).

 

21

São Pedro Canísio, Confessor e Doutor da Igreja

(Vide seção “Vidas de Santos”)

 

22

Santa Juta, Virgem

+ Alemanha, séc. XI. Foi ter com ela, aos oito anos de idade, a futura profetiza do Reno, Santa Hildegarda. Juta instruiu-a, dando-lhe noções de latim, medicina e História Natural, familiarizando-a tão bem com os textos litúrgicos e a Sagrada Escritura que, ao falecer, Hildegarda substituiu-a como abadessa.

 

23

São Sérvulo, Confessor

+ Roma, 590. São Gregório Magno relata sua vida em seus “Diálogos”. Paralítico, vivia de esmolas sob o pórtico da igreja de São Clemente em Roma.

 

24

São Delfim, Bispo e Confessor

+ França, séc. IV. Paladino e intrépido defensor da Igreja, foi Bispo de Bordeaux e participou do Concílio de Saragoça, onde muito contribui para a condenação dos hereges priscilianistas.

 

25

NATAL DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

 

26

Santo Estêvão, Protomártir

+Jerusalém, séc. I. Um dos sete primeiros Diáconos nomeados e ordenados pelos Apóstolos. Relatam os Atos dos Apóstolos que ele “fazia prodígios e grandes sinais entre o povo”. Não podendo isso suportar, membros da sinagoga alegaram que ele blasfemava, e o lapidaram.

 

27

São João, Apóstolo e Evangelista

+ Éfeso, séc. I. O Discípulo amado por sua virgindade representou a humanidade ao receber, junto à Cruz, Nossa Senhora como Mãe. Foi o Evangelista por excelência da divindade de Cristo. Perseguido pelo imperador Domiciano, foi levado a Roma e mergulhado num tacho de azeite fervente, de onde saiu rejuvenescido. Foi então deportado para a ilha de Patmos, onde escreveu o Apocalipse. Escreveu seu Evangelho e três epístolas, para refutar as heresias que negavam a divindade de Nosso Senhor e pregar o amor entre os cristãos.

 

28

Santos Inocentes, Mártires

29

São Davi, Rei e Profeta

+ Judeia, séc. X a.C. Escolhido pelo próprio Deus para suceder a Saul, primeiro rei de Israel, entrou a serviço deste como tocador de cítara e derrotou o gigante Golias. Subindo ao trono, instalou a Arca da Aliança em Sion, que transformou na capital de Israel.

 

30

Santo Anísio, Bispo e Confessor

+ Macedônia, 407. Discípulo de Santo Ascólio e seu sucessor na Sé de Tessalônica, foi nomeado por São Dâmaso Vigário Pontifical na Ilíria.

 

31

São Silvestre I, Papa e Confessor

+ Roma, 335. Foi um dos primeiros santos não mártires que recebeu culto público. Sob o seu pontificado a Igreja começou a sair das catacumbas e a construir basílicas magníficas. Iniciou a série de Papas-reis, como fundador dos Estados Pontifícios.

 

*    *    *

Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão