Julho de 2016
A realidade concisamente
A Realidade Concisamente

Moscou ameaça com “Satã 2” porque Ocidente se defende!

A Romênia instalou uma base de escudos antimísseis para se defender de regimes “bandidos” como o do Irã. A cólera do Kremlin explodiu imediatamente, alegando que a base estivesse programada contra a Rússia. Mas, de fato, seu protesto pareceram montados para justificar o início dos testes com o míssil estratégico apelidado “Satã 2”, um monstro de massacre indiscriminado que pode destruir em segundos um território “do tamanho de Texas ou da França” e que seria operacional em 2020.

 

Zâmbia teme corned beefchinês com carne de cadáver

O embaixador da China na Zâmbia desmentiu apressadamente a notícia segundo a qual seu país exporta para a África carne enlatada com restos humanos. Uma zambiana que é empregada na China alertou seus compatriotas para não comprarem corned beef, porque os chineses misturariam carne de cadáveres humanos em produtos destinados ao mercado africano. Os zambianos também acusam as empresas chinesas de descuidarem da segurança dos trabalhadores e pagarem ordenados injustos. Até na China o governo comunista vem sendo denunciado por atentados contra a segurança alimentar, como o emprego, numa fábrica de Xangai, de carne estragada por uma fornecedora da rede McDonald's.

 

 

Ditos de Trump atemorizam países livres

Para os Países Bálticos, o candidato populista Donald Trump é visto como um amigo do agressivo Putin. Por sua vez, o jornal oficial da Coréia do Norte, cujo governo é comunista, comemorou uma eventual vitória de Trump, a quem chamou de “político sábio”. Trump havia declarado que não garantirá a defesa atômica da Coréia do Sul, um regime antimarxista. Ao que o regime comunista norte-coreano respondeu em editorial de seu jornal oficial: “Sim, faça-o, e logo”, acrescentado que esta frase substituirá o velho slogan comunista “Yankee, go home”.

 

Os homens? Que as feras os despedacem!

Um gorila do zoológico de Cincinnati (EUA) arrastou uma criança de quatro anos que caíra na área de isolamento, ferindo-a. Para evitar que ela fosse morta, as autoridades abateram o animal. O fanatismo ambientalista voltou-se então contra a polícia e o zoo pela morte do gorila. Em Thornton Beach (Austrália), um crocodilo devorou uma banhista. Em vez de tomar as dores da vítima e empenhar-se para que fatos semelhantes não se repitam fatos semelhantes, o deputado federal Warren Entsch reagiu com uma campanha visando impedir a limitação da proliferação de crocodilos. Na Austrália, militantes ecologistas se opõem à lei que permite aos pescadores matar baleias assassinas. Eles se preocupam com os animais perigosos ao homem e raras vezes com o próprio homem, ao qual, por sua posição anti-humana, qualificam “o maior predador da Terra!”.

 

Desmorona a aliança bolivariana

A aliança “bolivariana” cai aos pedaços. A Venezuela não conta mais com governos aliados no Brasil e na Argentina, país onde a estatal Petróleo de Venezuela (PDVSA) faliu. Quando de sua implantação, Chávez viajou a Buenos Aires e anunciou que a Shell seria nacionalizada pelo seu amigo, o falecido ex-presidente Nestor Kirchner. Hoje, o presidente da Shell é ministro da Energia na Argentina. O governo platino cancelou sua participação na Telesur, canal de TV criado por Chávez. Grandes empresas argentinas que produziam alimentos para atender acordos faraônicos do casal Kirchner com a dupla Chávez-Maduro beiram a falência. Elas estão sendo salvas pela sua transferência para o setor privado.

 

Ler em dispositivos virtuais diminui a intelecção

A abstração é um elemento decisivo da vida intelectual: transformar os dados captados pelos sentidos em ideias que residem na alma e que constituem o ponto de partida da cultura e da atividade humana. Porém, as pessoas que leem em plataformas digitais como tablets, smartphones e até em PCs e notebooks, ficam prejudicadas em sua capacidade de interpretar a informação, isto é, na abstração. A constatação foi apresentada na ACM CHI 2016, conferência top mundial sobre a Interação Homem-Computador, realizada em São José (Califórnia). Geoff Kaufman, professor da Universidade Carnegie Mellon, destacou que “o pensamento abstrato gera mais capacidade de compreender os demais, mais criatividade, enquanto quem fica no concreto cai em generalizações negativas e frustrantes”.

 

Transgênicos são tão saudáveis como os outros alimentos

O maior estudo sobre os organismos geneticamente modificados (OGM), feito pela Academia Nacional de Ciências dos EUA, concluiu que os mesmos são indistinguíveis dos demais alimentos e que não há prova alguma de impacto negativo deles na saúde humana. O relatório revisou todos os estudos científicos dos últimos 30 anos. Entre as principais conclusões, estas: 1) não há “nenhuma evidência” de que os OGM causem mal à saúde; 2) não faz diferença para a saúde consumir um alimento transgênico e outro que não o é; 3) os OGM beneficiaram a saúde humana; 4) os OGM não reduzem a diversidade vegetal ou animal e até podem aumentá-la; 5) os genes dos alimentos transgênicos não danificam o meio ambiente; 6) está desaparecendo a linha divisória entre um OGM e os que não são; 7) os OGM beneficiaram a economia. O trabalho desaconselha rotular os produtos OGM para salvaguardar a saúde pública.