Junho de 2013
Santos e festas do mês
Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão
Santos e Festas do Mês

 

1

São Panfílio e Companheiros, Mártires

+ Cesaréia (Palestina), 309. O maior dos exegetas do seu tempo, Panfílio fundou uma escola bíblica, centro de saber e virtude. Encarcerado e torturado em virtude de sua fé, foi depois martirizado com alguns discípulos e companheiros de prisão.

Primeiro Sábado do mês

2

São Nicolau, o Peregrino, Confessor

+ Trani (Itália), 1094. Jovem grego, ele visitava a pé os santuários do sul da Itália, carregando uma pesada cruz e cantando o Kyrie Eleison. Faleceu aos 19 anos de idade. Muitos milagres se operaram em seu túmulo.

3

São Carlos de Luanga e 22 Companheiros, Mártires

+ Uganda, 1886. Carlos, oficial do Rei de Uganda, convertido com outros funcionários pelos Padres Brancos, foi com eles queimado vivo.

4

São Francisco Caracciolo, Confessor

(Vide seção "Vidas de Santos")

5

São Bonifácio, Bispo e Mártir

+ Dokkun (Holanda), 754. Inglês de nascimento, ele foi o apóstolo da Alemanha. Resignou a sua Sé episcopal para trabalhar nos últimos anos de vida na conversão dos frísios (holandeses), que haviam recaído no paganismo, sendo por eles martirizado.

 

6

São Norberto, Bispo e Confessor

+ Magdeburgo (Alemanha), 1134. Clérigo mundano convertido por causa de um raio, tornou-se pregador itinerante; fundou depois os Cônegos Regulares (Premonstratenses). Foi nomeado posteriormente Arcebispo de Magdeburgo.

 

7

Sagrado Coração de Jesus

Primeira Sexta-feira do mês

8

Imaculado Coração de Maria (neste ano)São Medard, Bispo e Confessor

+ França, 558. Irmão de São Gildard, Bispo de Rouen, foi eleito para a diocese de Noyon, à qual Tournai foi unida mais tarde.

9

Beato José de Anchieta, Apóstolo do Brasil, Confessor

+ 1597. Converteu inúmeros índios à fé católica, arrancando-os das trevas do paganismo. Operou numerosos milagres.

10

Santo Itamar, Bispo e Confessor

+ 656. Natural de Kent, foi o primeiro bispo anglo-saxão nomeado para uma sé inglesa, sucedendo a São Paulino como bispo de Rochester.

11

São Barnabé, Apóstolo

+ Chipre, séc. I. Fiel companheiro de São Paulo na evangelização, este o chama de Apóstolo, embora não fosse um dos Doze.

12

São João de Sahagum, Confessor

+ Salamanca (Espanha), 1479. Da Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho. Por denunciar o mal existente nos mais altos postos da sociedade onde vivia, sofreu vários atentados, sendo por fim envenenado pela concubina de um nobre.

13

Santo Antonio de Pádua, Confessor e Doutor da Igreja

+ 1231. Nasceu em Lisboa, onde se fez agostiniano e depois franciscano. Na Itália, São Francisco o encarregou da pregação e chamava-o de "meu bispo", por sua erudição. Cognominado Martelo dos hereges.

14

São Metódio de Constantinopla, Bispo e Confessor

+ Constantinopla (Turquia), 847. Italiano de nascimento; tocado pela graça, fez-se monge; valente opositor dos iconoclastas. Por interferência da imperatriz Teodora, foi nomeado Patriarca de Constantinopla.

15

Santa Germana Cousin, Virgem

+ Pibrac (França), 1601. Pobre, escrofulosa, negligenciada pelo pai e maltratada pela madrasta, morreu abandonada em seu leito de palhas no celeiro da propriedade paterna, aos 22 anos.

16

São Ciro e Santa Julita, Mártires

+ Síria, séc. IV. Julita, por não querer renegar a fé, estava sofrendo o martírio quando seu filho Quirico (ou Ciro), de apenas três anos, que lhe fora arrancado dos braços, juntou-se a ela para morrer, afirmando que também era cristão.

17

Santa Teresa de Portugal, Viúva

 + 1250. Filha do rei Sancho I de Portugal. Tendo seu casamento sido declarado nulo por motivo de consanguinidade, fundou um convento cisterciense.

18

Santos Marcos e Marcelino, Mártires

+ Roma, 287. De acordo com a Tradição, na perseguição movida por Diocleciano, esses dois irmãos gêmeos "tiveram o lado traspassado por lanças, entrando assim no Reino dos Céus pela glória do martírio" (do Martirológio Romano).

19

Santos Gervásio e Protásio, Mártires

 + Milão, Séc. III. O primeiro foi açoitado com pontas de chumbo até a morte; e o segundo, depois de flagelado, foi degolado. Santo Ambrósio descobriu seus corpos em 386. De Milão seu culto expandiu-se até as Gálias, onde várias igrejas lhes foram dedicadas.

 

20

Santo Adalberto de Magdeburgo, Bispo e Confessor

 + Alemanha, 981. Enviado pelo Imperador Otão, o Grande, como chefe de um grupo de missionários para evangelizar os eslavos, todos seus companheiros foram massacrados. Adalberto voltou então à Alemanha, onde foi designado bispo da nova sede episcopal de Magdeburgo, na Saxônia.

 

21

São Luís Gonzaga, Confessor

+ Roma, 1591. De família principesca, ingressou aos 17 anos na Companhia de Jesus. De uma pureza angélica, morreu aos 24 anos como mártir da caridade, vítima de uma epidemia contraída ao assistir enfermos. É o patrono da juventude.

 

22

São Paulino de Nola

+ 431. Pagão oriundo de nobilíssima família, ainda jovem foi prefeito de Roma e senador, casando-se com uma cristã. Ao converter-se, de comum acordo com a esposa, renunciou a tudo e fez-se sacerdote.

 

23

São José Cafasso, Confessor

+ Turim (Itália), 1860. Contemporâneo, conterrâneo e mestre de São João Bosco, formou o clero piemontês nos bons princípios de São Francisco de Sales e Santo Afonso de Ligório.

24

NATIVIDADE DE SÃO JOÃO BATISTA

 

 

25

São Próspero de Aquitânia, Confessor

+ França, 463. Leigo e casado, devotou-se ao estudo da teologia. Correspondia-se com Santo Agostinho, a quem admirava e com o qual combateu a doutrina herética dos semipelagianos sobre a graça. Dirigindo-se a Roma, tornou-se secretário do Papa São Leão Magno.

 

26

Santos João e Paulo, Mártires

+ Roma, 362. "O primeiro era o governador de palácio, e o segundo, o camareiro da virgem Constância, filha do imperador Constantino. Ambos obtiveram a palma do martírio, sob Juliano o Apóstata, morrendo pela espada" (do Martirológio Romano).

27

São Ladislau da Hungria, Confessor

+ Nitra (Boêmia), 1095. Considerado um dos heróis da Hungria, esse rei derrotou sucessivamente os poloneses, os russos e os tártaros. Pela morte da irmã, anexou a seu reino a Dalmácia e a Croácia. Apoiou São Gregório VII contra o imperador Henrique IV, incentivou o trabalho missionário em seus territórios e construiu vários mosteiros e igrejas.

28

São João Southworth, Mártir

+ Tyburn (Inglaterra), 1654. Ordenado sacerdote na França, foi enviado à missão na Inglaterra. Preso várias vezes, conseguiu sua libertação pela intercessão da rainha Henriqueta, esposa de Carlos I. Após a execução deste rei, sob o regime ditatorial do herético Cromwell, foi aprisionado e martirizado.

29

São Pedro e São Paulo

30

São Teobaldo de Provins, Eremita, Confessor

+ Salonigo (Itália), 1066. Filho dos condes de Champagne, trocou a carreira militar pela vida eremítica. Depois de uma peregrinação a Roma, entrou para a ordem dos Camaldulenses em Salonigo.

 

_______________

Notas:

Os santos já apresentados em calendários anteriores são apenas mencionados, sem nota biográfica.

MR – Martirológio Romano; MRM – Martirológio Romano-Monástico.

 

 

Intenções para a Santa Missa em junho

Será celebrada pelo Revmo. Padre David Francisquini, nas seguintes intenções:

Suplicando ao Sagrado Coração de Jesus (festa comemorada pela Igreja no dia 7 de junho) e ao Imaculado Coração de Maria (neste ano, sua festividade é celebrada no dia 8 de junho) graças e bênçãos especiais para todos os nossos colaboradores e suas respectivas famílias. E também rogando a São Pedro e São Paulo (celebrados no dia 29 de junho) especial proteção à Santa Igreja contra as investidas do demônio e de seus asseclas.

Intenções para a Santa Missa em julho

Pedindo a Nossa Senhora do Carmo (celebra-se no dia 16) que frustre as articulações dos adversários da Igreja Católica, que tramam a sua aniquilação, e não permita a aprovação de leis imorais e anticristãs no Brasil. Também em reparação pelos atos blasfemos cometidos em nossos dias.

Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão