Julho de 2006
Fidel: mais rico que as rainhas inglesa e holandesa...
Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão
A Realidade Concisamente

Jesuíta enuncia males insanáveis do Islã

O Pe. Piersandro Vanzan, SJ, professor de teologia pastoral na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, e redator de "La Civiltà Cattolica", apresentou judiciosa análise sobre o Islã na revista Studium. Eis algumas de suas conclusões: 1- Não há Islã moderado, mas convergência de objetivos entre a teologia islâmica e a ideologia terrorista fundamentalista; 2- Mesquitas e páginas muçulmanas da web na Europa pregam o ódio. “Sim, o ódio. Um sentimento em relação ao qual já há muito tempo mostramos uma tolerância suicida”; 3- O Islã não conhece o conceito de liberdade; 4- Dialogar com quem deseja “nos reduzir a súditos de segunda ordem, simplesmente não faz sentido”; 5- Os ingênuos em relação ao Islã lembram os que sorriam face à ascensão de Hitler.

Instituto mede “escravidão” do contribuinte brasileiro

Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), a “escravidão do contribuinte” cria a seguinte situação absurda: na prática, considerando o período de um ano, é como se a classe média brasileira trabalhasse até 26 de maio só para pagar impostos. E o que ela ganhar dessa data até 15 de setembro é destinado a custear saúde, educação, previdência privada, segurança e pedágio, serviços que, em tese, o Estado diz fornecer. Só daí para a frente é que “o contribuinte vai começar a trabalhar para a família comer, vestir, morar, comprar bens, gozar férias e poupar”, disse Gilberto Luiz do Amaral, presidente do IBPT. Não é possível aumentar os dias do ano. Apesar disso, a voracidade do socialismo tributário não pára de crescer no País.

Passeata anti-ecológica faz sucesso na Inglaterra

Protestos em Oxford

A violência dos ecologistas pelos chamados “direitos dos animais”, ou ecoterrorismo, tem depredado laboratórios e fazendas de aperfeiçoamento de animais. Para isso, usam métodos que vêm sendo copiados no Brasil pela Via Campesina (uma multinacional das invasões) e o MLST. Devido a essa onda, Laurie Pycroft, estudante de Swindon, Inglaterra, organizou uma passeata a favor dos testes científicos com cobaias, nas ruas de Oxford, sede da famosa Universidade, onde os ecoterroristas bloqueavam a instalação de um laboratório novo. “Salve vidas humanas, teste em animais” e “Abaixo as ameaças, abaixo o medo, queremos pesquisas com animais aqui” — diziam os cartazes. O sucesso da marcha comprovou a repulsa da opinião pública inglesa às imposições antinaturais dos verdes.

Fidel: mais rico que as rainhas inglesa e holandesa...


Em 2006 Fidel Castro tornou-se mais rico que as rainhas da Inglaterra e Holanda, segundo a acatada classificação da revista "Forbes". Sua fortuna atingiria 900 milhões de dólares e consiste em empresas nacionalizadas, incluída a rede cubana de distribuição de remédios. Há meses, Castro deflagrou ofensiva contra os cubanos que subtraem recursos do Estado, "ameaçando o futuro do socialismo”. Segundo um investigador estatal, os 11 milhões de habitantes tiram um dólar por dia da máquina estatal, em média, para conseguirem sobreviver. O igualitarismo socialista promete distribuir riqueza, mas de fato multiplica a miséria e tiraniza todos.

Iranianos desafiam legislação dos aiatolás

“Não queremos energia nuclear”, é o grito de universitários em Teerã

No Irã, policiais especiais controlam nas ruas o modo de a população se vestir. Aplicaram-se mais de 10.000 multas. 3.000 lojas foram inspecionadas, e 290 punidas. Entretanto, dissemina-se a desobediência cultural aos aiatolás. Nos lares, as leis referentes aos trajes são burladas. A censura da mídia é transgredida por TVs via satélite, e por mais de 100.000 sites na Internet, elaborados por iranianos exilados. A ira fundamentalista revida com sabotagens e ameaças pessoais. A oposição assumiu posições ousadas. Em vários campus universitários de Teerã, estudantes manifestaram-se bradando “Não queremos energia nuclear” e “Esqueça a Palestina, pense em nós”. Tais protestos constituem aberto desafio ao presidente Ahmadinejad. Nem a ditadura cultural muçulmana é aceitável, nem as modas indecentes do Ocidente. Só a moral cristã tradicional apresenta solução.



Surto conservador cresce no Canadá:
6.000 pessoas na Marcha pela Vida

Quase 6.000 pessoas, jovens na sua maioria, participaram da primeira Marcha pela Vida em Ottawa, Canadá. Os organizadores esperam 10.000 participantes para o próximo ano. Segundo enquete do Instituto Ipsos Reid, 65% dos canadenses aprovam o hábito do premiê Stephen Harper de concluir seus discursos com a frase “Deus abençoe o Canadá”. Os políticos conservadores canadenses estão surpresos diante da extensão do “conservadorismo profundo”, que antes não tinha canal de expressão, mas que agora aplaude as medidas pró-família e os cortes de imposto do novo governo. Este, mediante tais iniciativas, aumenta sua popularidade.

Desperdiçados bilhões de euros emprestados à Rússia

Putin (no meio), com líderes da União Européia

Projetos abandonados na metade do caminho, objetivos inatingíveis, revenda fraudulenta de equipamentos: a enorme ajuda econômica da União Européia (UE) à Rússia resultou em esbanjamento de dinheiro público que atingiu bilhões de euros, segundo o Tribunal de Contas da UE. Imperícia administrativa, descontrole geral, desconhecimento da realidade, interrupções inexplicáveis, sumiço do dinheiro, burocracia cúmplice — a lista de "erros" é inacreditável.

Breves Religiosas

Embaixador de Taiwan é batizado em Roma

Chou Seng Tou, embaixador da República da China (Taiwan) junto a Santa Sé, recebeu o batismo na igreja de Santo Eugênio, Roma. Ele sentia-se frustrado pelo confucionismo e o budismo. O protestantismo não lhe dizia nada. Na Itália, ficou tocado pela paz e a felicidade interior que observou nas religiosas e impressionou-se com a vida dos santos. Quando abriu sua alma a essas realidades, sentiu-se inundando de alegria e entendeu que o Espírito Santo o chamava. Ele pediu ao Vaticano para ser batizado pelo Papa. Porém, recebeu uma recusa, pois o Vaticano segue uma política de distensão com a China comunista — o que tem prejudicado os autênticos católicos chineses —, e quer evitar fricções com ela, dado que o regime de Pequim não reconhece a independência de Taiwan.

Medalhas de Santa Joana d´Arc para soldados no Iraque

A artista americana Pat Benincasa ficou muito sensibilizada quando ouviu que as tropas dos EUA no Iraque precisavam de mais coletes antibala. Não sabendo o que poderia fazer para proteger os soldados, por fim, concebeu uma medalhinha de Santa Joana d´Arc a fim de ser usada pelos militares. “Na medida em que dependia de mim, Joana está cavalgando de novo”, afirmou. A medalha representa a santa a cavalo, com couraça e estandarte, figurando as seguintes palavras gravadas: "Santa Joana, ficai a meu lado". Escolas compraram pacotes de medalhas para enviá-las às tropas no Iraque. Um capelão militar naquele país foi dos primeiros a encomendar 500. Cá e lá a ofensiva islâmica vai despertando, a contrário senso, certo espírito de cruzada e uma sadia reatividade.

Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão