Julho de 2006
O portão do Palais de Justice
Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão
Ambientes, Costumes e Civilizações

O portão do Palais de Justice

Harmonia, força, majestade e elegância

Plinio Corrêa de Oliveira

 

Na bela fachada do Palais de Justice (Palácio da Justiça), em Paris, o estilo é quase todo medieval, embora as janelas e um frontão em cima, no último lance, lembrem mais a Renascença: são desfiguramentos renascentistas.

Na frente há o portão, talvez o mais bonito que eu tenha visto em minha vida. É dourado e preto, encimado pelas armas régias da França. É muito posterior à construção do palácio, datando do reinado de Luís XVI. Seria certamente muito mais belo se fosse em estilo gótico, mas, assim mesmo, ele é lindíssimo.

É uma maravilha de harmonia, de força, de majestade real, de elegância. Não consigo imaginar um portão, neste estilo, que seja mais bonito do que este.

 


O Palais de Justice, situa-se na Île de la Cité (Ilha da Cidade, de excepcional beleza, rodeada pelas águas do rio Sena, é o berço de Paris).

Na Idade Média esta construção serviu como Palácio Real. (Faz parte do conjunto a famosa Sainte Chapelle, que São Luís IX fez construir para abrigar as relíquias da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, que trouxe de Constantinopla).

No século XVI passou a ser o Palácio do Parlamento (a corte suprema de justiça do reino). Atualmente é a sede da autoridade civil e judiciária.

______________________________________________________________________________

Excertos da conferência proferida pelo Prof. Plinio Corrêa de Oliveira, em 12 de abril de 1989.
Sem revisão do autor.

Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão