Maio de 2007
Santos e Festas de Maio
Santos e Festas do Mês

1

São José
São José, Esposo da Santíssima Virgem, Operário

Santo Amador, Bispo, Confessor

+ França, 418. “Para destruir mais facilmente certas superstições pagãs, aplicou-se em estimular o culto dos mártires cristãos” (do Martirológio Romano).

2

Santo Atanásio, Bispo, Confessor e Doutor da Igreja

+ Alexandria (Egito), 373. Grande defensor da fé contra os arianos, exilado cinco vezes por imperadores favoráveis aos heresiarcas, suportou toda sorte de calúnias de seus inimigos, inclusive bispos.

3

São Felipe e São Tiago Menor, Apóstolos

+ Século I. São Filipe deixou a casa, mulher e filhos em Betsaida para seguir Nosso Senhor, sendo martirizado em Hierápolis, na Frígia (Ásia Menor). São Tiago Menor, primo de Nosso Senhor, foi o primeiro bispo de Jerusalém, onde sofreu o martírio. É autor de uma admirável epístola em que ensina que a fé sem as obras é morta.

4

Santos João Houghton e Companheiros, Mártires

+ Londres, 1535. João, Roberto Lawrence e Agostinho Webster, cartuxos, e Ricardo Reynold, por se terem recusado a aceitar o Ato de Supremacia, que admitia o lúbrico rei Henrique VIII como cabeça da Igreja na Inglaterra, foram arrastados pelas ruas com a maior selvageria, enforcados e esquartejados, em virtude da sua fidelidade à Fé católica.
Primeira Sexta-feira do mês

5

Santa Jutta von Sangerhausen, Viúva

+ Alemanha, 1260. Natural da Turíngia, enviuvando muito cedo, mudou-se para a Prússia, feudo dos Cavaleiros Teutônicos, dos quais seu irmão era grão-mestre.
Primeiro Sábado do mês.

6

São Mariano e Companheiros, Mártires

+ Argélia, séc. III. Leitor na comunidade de Circé, foi preso juntamente com muitos outros cristãos durante a perseguição do imperador romano Valeriano. Foram alinhados na vertente de uma colina, onde foram decapitados.

7

Santa Flávia Domitila, Virgem e Mártir

+ Roma, Século I. Da família dos três últimos imperadores romanos do século I. Sofrendo o martírio por Cristo, deu mais glória a Roma que seus augustos parentes.

8

São Pedro de Tarantésia, Bispo e Confessor

+ França, 1174. Entrou para o mosteiro cisterciense de Bonnevaux. Nomeado Arcebispo de Tarantésia, reformou a disciplina eclesiástica, substituiu um clero corrupto de sua catedral por cônegos regulares e desapareceu, para ser irmão leigo em um convento na Suíça. Encontrado, teve que reassumir suas funções.

9

São Nicolau Alberati, Confessor

+ Bolonha, 1443. “Cartuxo, ordenado Bispo de Bolonha, foi nomeado Núncio Apostólico pelo Papa Martinho V. Trabalhou com sucesso para restabelecer a paz entre a França e a Inglaterra” (do Martirológio).

10

Santo Antonino de Florença
Santo Antonino de Florença, Bispo e Confessor

+ 1459. Antônio, conhecido pelo diminutivo por causa de sua pequena estatura, tornou-se célebre por sua doutrina e obras. Defendeu o Papado no Concílio de Basiléia e a sã doutrina católica no de Florença, contra os autores do cisma grego.

11

Santos Abades de Cluny, Confessores

+ Séculos X a XII. Santos Odon, Majolo, Odilon, Hugo e Pedro o Venerável. “A elevada autoridade moral de Cluny, que do século X ao XII estes abades colocaram a serviço da Igreja e da paz civil, explica-se pela irradiação de suas personalidades, pela estabilidade de seus mandatos isenta de toda ingerência secular, e por sua fidelidade em nada preferir à Obra de Deus” (do Martirológio Romano Monástico).

12

Santo Epifânio, Bispo e Confessor

+ Chipre, 403. Judeu convertido da Palestina, viveu em sua vila natal como monge durante 30 anos, quando foi nomeado Bispo de Chipre.

13

Há 90 anos, primeira aparição de Nossa Senhora em Fátima

14

São Matias, Apóstolo e Mártir

+ Século I. Um dos 72 Discípulos de Cristo, foi eleito à sorte para substituir o infame traidor Judas Iscariotes no Colégio Apostólico (antes a 24 de fevereiro).

15

Santo Aquiles, Bispo e Confessor

+ Grécia, 330. Bispo de Larissa, na Grécia, ficou célebre pelo dom dos milagres. Faleceu em sua cidade episcopal ao voltar do Concílio de Nicéia.

16

São Simão Stock, Confessor

+ Inglaterra, 1265. Geral da Ordem do Carmo, recebeu da Santíssima Virgem o escapulário com a promessa de que, quem com ele piedosamente morresse, não padeceria as penas do inferno.

17

São Pascoal Baylão

(Vide p. 38)

São Bruno de Würzburg, Bispo e Confessor

+ Áustria, 1045. Filho do Duque da Caríntia e da Condessa Matilde, tornou-se bispo de Würzburg. Construiu várias igrejas e sua sé catedral. Erudito escritor, por indicação do Imperador Conrado II foi promovido à sé de Milão. Faleceu na Áustria.

18

São Félix de Cantalício

+ Roma, 1587. Irmão leigo capuchinho, amigo de São Felipe Neri, durante 40 anos pediu esmola nas ruas de Roma para seu convento. "O sofrimento é uma graça de Deus”; “e as dores, rosas do céu" –– dizia.

19

São Ivo, Confessor

+ França, 1303. Sacerdote, Padroeiro dos Advogados, estudou Direito e Teologia em Paris e Orleans. Transformou o solar que recebera dos pais em hospital e asilo. Lá estabeleceu também seu escritório para atender consultas dos pobres e dos desamparados, não havendo advogado de mais renome nem pessoa mais estimada em toda a Bretanha.

20

ASCENSÃO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

21

Santo Hospício, Confessor

+ França, Séc. VI. “Havia predito uma próxima invasão dos lombardos, caso a Gália não fizesse penitência. Quando efetivamente os lombardos chegaram, dedicou-se a converter um grande número de invasores à fé e aos costumes cristãos” (do Martirológio).

22

Santa Rita de Cássia
Santa Rita de Cássia, Viúva

+ Itália, 1457. Durante 18 anos suportou as asperezas e infidelidades de um marido de caráter brutal, a quem converteu com sua paciência e espírito sobrenatural. Tendo ele sido assassinado, pediu a Deus a morte dos filhos, que queriam vingar a do pai. Após a morte do marido e dos filhos, entrou para o convento das agostinianas, onde recebeu na fronte um dos espinhos da coroa do Salvador. Operou tantos milagres, que passou a ser conhecida como a "Advogada das causas perdidas" e "Santa dos impossíveis".

23

Santa Joana Antida Thourét, Virgem

+ Nápoles, 1826. Esta destemida santa passou por grandes perigos e provações durante a Revolução Francesa, ensinando catecismo, cuidando de doentes e dando esconderijo a sacerdotes em pleno Terror. Fundou em Besançon um ramo das Irmãs de Caridade. Morreu no convento de Nápoles, devido a perseguições de seu bispo e de suas próprias irmãs de hábito.

24

Nossa Senhora Auxiliadora

25

São Gregório VII, Papa e Confessor

+ Salerno, 1085. Luzeiro do Papado, um dos maiores Pontífices da Santa Igreja, foi seu acérrimo defensor contra as investidas do poder temporal, promoveu importantes reformas litúrgicas e morreu no exílio, perseguido pelo imperador alemão Henrique IV.

26

São Felipe Neri, Confessor

+ Roma, 1595. Fundador da Congregação do Oratório, que tinha como principal finalidade a renovação da vida cristã entre os leigos de Roma.

27

DOMINGO DE PENTECOSTES

Os Apóstolos, até então tíbios, fracos, de vistas baixas, tendo rezado no Cenáculo, receberam o Espírito Santo por intermédio da Virgem Maria, transformando-se de uma vez em destemidos heróis de Jesus Cristo.

28

São Justo de Urgel, Bispo e Confessor

+ Espanha, séc. VI. Um dos quatro irmãos considerados por Santo Isidoro de Sevilha como os varões ilustres que floresceram na Espanha visigótica.

29

São Máximo de Tréveris, Bispo e Confessor

+ França, 349. Sucedeu a Santo Agrício como Bispo dessa então cidade imperial, distinguindo-se por seu zelo e fortaleza. Acolheu Santo Atanásio, exilado por sua ortodoxia, e participou do Concílio de Milão, no qual os arianos foram condenados.

30

Santa Joana D'Arc
Santa Joana d'Arc, Virgem

+ Rouen (França), 1431. Suscitada por Deus para livrar a França do jugo inglês, esta virgem guerreira foi depois traída e queimada como feiticeira. Reabilitada por Calisto III em 1456, teve a heroicidade de virtudes reconhecida em 13 de dezembro de 1908, sendo beatificada por São Pio X em 1909 e canonizada por Bento XV em 1920.

31

VISITAÇÃO DE NOSSA SENHORA A SANTA ISABEL

* * *

Intenções para a Santa Missa em maio

Será celebrada pelo Revmo. Padre David Francisquini, nas seguintes intenções:

Em razão da comemoração do 90º aniversário da 1ª aparição de Nossa Senhora aos três pastorinhos de Fátima, Missa em Seu louvor e suplicando-Lhe a plena correspondência à Mensagem que Ela veio trazer ao mundo em 1917.

Intenções para a Santa Missa em junho

Em louvor de Santo Antônio de Sant'Anna Galvão, primeiro santo canonizado nascido no Brasil, pedindo que ele interceda junto a Deus para que nosso País seja inteiramente católico e fiel à sua vocação, retornando às vias da civilização cristã.

Que o Sagrado Coração de Jesus, cuja festa se comemora no mês de junho, derrame graças e bênçãos especiais sobre todos nossos colaboradores e suas respectivas famílias.