Santos e Festas do Mês

1

Santo Afonso Maria de Ligório, Bispo, Confessor e Doutor da Igreja.

São Félix de Gerona, Mártir

+ Espanha, séc. IV. “Depois de sofrer vários tormentos, foi açoitado por ordem de Daciano até entregar a Deus sua alma invicta” (MR).

2

São Pedro Julião Eymard, Confessor

+ França, 1868. Fundador do Instituto do Santíssimo Sacramento para a adoração perpétua, seus últimos anos foram repletos de sofrimentos. Dizia a Nosso Senhor: “Eis-me aqui, Senhor, no Jardim das Oliveiras; humilhai-me, despojai-me, dai-me a cruz, contanto que me deis também o vosso amor e a vossa graça”.

3

São Dalmácio, Confessor

+ Constantinopla, séc. V. “Era monge havia 48 anos, em 431, quando saiu pela primeira vez de sua clausura, acompanhado de sua comunidade, para intervir no Concílio de Éfeso em favor dos bispos fiéis, privados de sua liberdade pelos nestorianos” (RM)
Primeira Sexta-feira do mês.

4

São João Maria Vianney, Cura d’Ars, Confessor, Patrono dos párocos

+ Ars, 1859. Sua fama de pregador e confessor atraía pessoas de todas as partes da França. São Pio X nomeou-o patrono de todos os párocos e pastores de almas.
Primeiro Sábado do mês.

5

DEDICAÇÃO DA BASÍLICA DE SANTA MARIA MAIOR

Nossa Senhora das Neves

6

Transfiguração de Nosso Senhor Jesus Cristo

7

São Caetano de Tiene

(Vide Vidas de Santos)

8

São Domingos de Gusmão, Confessor.

14 Santos Auxiliares

Estes santos são assim denominados pela eficácia de sua intercessão nos seguintes casos: São Jorge (contra as doenças da pele); São Brás (garganta); Santo Erasmo (intestinos); São Pantaleão (fraqueza); São Vito (coréia ou dança de São Vito); São Cristóvão (furacões, pestes, viagens); São Dinis (possessões diabólicas); São Ciríaco (olhos e possessões); Santo Acácio (doenças na cabeça); Santo Eustáquio (preservação do fogo eterno); Santo Egídio (pânico, loucura, medos noturnos); Santa Margarida (rins e gravidez); Santa Bárbara (raio e morte repentina) e Santa Catarina de Alexandria (estudantes, oradores, advogados).

9

Santo Osvaldo de Nortúmbria, Confessor

+ Inglaterra, 642. Fugindo para a Escócia quando seu pai foi derrotado e morto, converteu-se ao cristianismo. Com ajuda celeste, derrotou os reis da Mércia e de Gales, reconquistando o reino da Nortúmbria, do qual se tornou rei.

10

Santo Hugo de Montagu, Confessor

+ França, 1135. Monge de Cluny, foi eleito Abade de São Germano de Auxerre, e depois bispo dessa cidade. Notável por seu zelo e fé, favoreceu a nascente Ordem de Cister.

11

Santa Clara de Assis, Virgem.

Santo Alexandre, o Carvoeiro, Bispo e Mártir

+ Séc. III. Vagando a Sé de Comona, na Ásia Menor, por zombaria alguém sugeriu para sucessor o carvoeiro local. São Gregório, o Taumaturgo, levou a coisa a sério, pois percebeu no santo uma grande alma, sob aparência humilde. Alexandre era filósofo e exercia aquela função por humildade. Governou sua diocese com sabedoria e prudência, recebendo a coroa do martírio sob o imperador Décio.

12

Santa Hilária e Companheiras, Mártires

+ Alemanha (atual), séc. III. Mãe de Santa Afra, foi apanhada por pagãos depois do martírio da filha, quando rezava em sua sepultura. Estes atearam fogo às suas vestes, morrendo ela pela fé de Cristo com três criadas: Digna, Euprébia e Eunônia.

13

São Cassiano, Mártir

+ Itália, séc. III. Mestre-escola muito consciencioso no cumprimento do dever, por sua fé em Cristo foi condenado à morte. O juiz deu plena liberdade aos seus alunos pagãos para fazerem com ele o que quisessem, até levá-lo à morte.

14

Santo Eusébio, Confessor

+ Roma, séc. IV. Por sua fidelidade à ortodoxia católica, foi preso em um quarto de sua própria casa pelo herético imperador Constâncio. Sete meses depois, rendeu seu espírito. Uma igreja que fundara no Esquilínio recebeu seu nome.

15

ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA

Festa mariana de muito antiga tradição, a Assunção da Mãe de Deus foi solenemente proclamada como dogma por Pio XII, em 1950.

16

São Roque

+ Montpellier, séc. XIV. Perdendo os pais aos 20 anos, partiu em peregrinação para Roma, passando pelos lugares empestados para tratar dos enfermos. Voltando à sua cidade natal, foi tomado como revoltoso e levado à prisão, onde morreu na miséria ao cabo de cinco anos.

17

Santa Clara de Montefalco, Virgem

+ Itália, 1308. Entrou aos sete anos de idade para o convento da Santa Cruz, onde era superiora sua irmã, e logo demonstrou tanto fervor quanto as melhores noviças. De elevadíssimo grau de recolhimento, foi agraciada por inúmeras aparições de Nosso Senhor e da Virgem Santíssima. Falecendo sua irmã, foi eleita por unanimidade para substituí-la, ocupando o cargo até a sua morte aos 33 anos.

18

Santos Florêncio e Lauro, Mártires

+ Ásia Menor, séc. II. Eram irmãos e talhadores de pedra. Quando terminaram de edificar um templo pagão para Próculo e Máximo, foram convertidos juntamente com os dois proprietários, que os precederam no martírio.

19

São João Eudes, Confessor.

Santo Ezequiel Moreno Dias, Bispo e Confessor

+ Espanha, 1906. Missionário agostiniano, passou 15 anos evangelizando as Filipinas, depois a Colômbia, onde foi elevado a vigário apostólico de Casanare, e depois a bispo de Pasto.

20

São Bernardo Abade, Doutor da Igreja.

São Samuel, Profeta do Antigo Testamento

Judéia, séc. XI a.C. “Amado por Deus, [...] Profeta do Senhor, estabeleceu sua realeza e julgou a assembleia segundo a lei de Deus. Antes do tempo do sono eterno, ninguém se levantou para o acusar” (MRM).

21

São Pio X, Papa e Confessor.

São Privato, Bispo e Mártir

+ França, séc. III. Foi aprisionado durante a invasão dos alamanos. Ao tentarem que ele os ajudasse a entrar num castelo forte onde estavam seus diocesanos, negou-se, bem como a oferecer sacrifícios aos ídolos. Morreu em virtude dos maus tratos.

22

Nossa Senhora Rainha
(antigamente: Imaculado Coração de Maria)

Santo Hipólito, Bispo e Mártir

+ Itália, séc. III. Célebre por sua erudição, “por causa de sua brilhante confissão de fé, sob o imperador Alexandre, foi precipitado de mãos e pés atados, dentro de uma cova profunda cheia de água, onde alcançou a palma do martírio” (MR).

23

Santa Rosa de Lima, Padroeira da América Latina

+ 1617. Aos cinco anos fez voto de virgindade, vivendo entre extraordinárias penitências e mortificações, perseguições diabólicas e comunicações divinas. Tinha frequentes colóquios com seu anjo da guarda e com a Mãe de Deus, e foi a primeira santa elevada à honra dos altares no Novo Continente.

24

São Bartolomeu, Apóstolo.

Trezentos Mártires de Cartago

+ África, séc. IV. Esse conjunto de heróis de Cristo é também conhecido por “Massa Cândida”, porque foram precipitados numa fossa cheia de cal, por se recusarem a adorar os ídolos.

25

São Luís, Rei de França, Confessor

+ Tunísia, 1270. Foi modelo de estadista e de administrador cristão. Empreendeu duas cruzadas, morrendo na segunda, atacado pela peste. Devotíssimo da sagrada Paixão, fez construir a famosa Sainte Chapelle em Paris, verdadeiro relicário de pedra e vitrais, para abrigar a coroa de espinhos do Salvador.

26

São Cesáreo de Arles, Bispo e Confessor

+ França, 543. “Monge de Lérins, eleito mais tarde bispo de Arles. Fez-se o advogado da população galo-romana junto aos francos, presidiu importantes concílios provinciais e estimulou a instituição monástica, redigindo duas regras nas quais tenta uma síntese das tradições egípcia e agostiniana” (MRM).

27

Santa Mônica, Viúva.

Nossa Senhora dos Prazeres

Um dos seus santuários mais famosos é o dos Montes Guararapes, em Pernambuco, local onde se travou a batalha miraculosa e decisiva dos brasileiros contra os hereges calvinistas, na qual estes foram definitivamente derrotados e expulsos do Brasil.

28

Santo Agostinho, Bispo, Confessor e Doutor da Igreja

+ Hipona, 430. Dele disse Leão XIII: “É um gênio vigoroso que, dominando todas as ciências humanas e divinas, combateu todos os erros de seu tempo”. Morreu quando os vândalos punham cerco à sua sede episcopal, a cidade de Hipona, no norte da África.

29

Degolação de São João Batista

+ Palestina, séc. I. Conforme narra o Evangelho, a santa intransigência do Precursor em condenar a vida pecaminosa de Herodes fez com que este o mandasse degolar, cedendo às maquinações vingativas de sua concubina.

30

Santa Margarida Ward, Mártir

+ Inglaterra, 1588. Da nobreza britânica, foi presa com seu servente irlandês João Roche, por ter ajudado a fuga do Pe. Ricardo Watson. Foi-lhes oferecida a liberdade, se pedissem perdão à ímpia Isabel I e denunciassem o esconderijo do sacerdote. Recusando-se a isso, foram enforcados e esquartejados em Tyburn.

31

São Paulino de Tréveris, Bispo e Confessor

+ Tréveris, 358. Defensor da fé no Concílio de Nicéia e grande partidário de Santo Atanásio, foi por isso exilado pelo imperador ariano Constâncio para a Ásia Menor, onde morreu entre não católicos, vítima de sofrimentos e fadigas.

 

_______________
Notas:
• Santos já apresentados em calendários anteriores são apenas mencionados, sem nota biográfica.
• MR – Martirológio Romano;
• MRM – Martirológio Romano-Monástico.

Intenções para a Santa Missa em agosto

Será celebrada pelo Revmo. Padre David Francisquini, nas seguintes intenções:

Pelos méritos e graças da Assunção da Mãe de Deus aos Céus — principal celebração mariana deste mês —, rezando pela fidelidade do clero brasileiro à autêntica doutrina católica, para que o Brasil e nossas famílias sejam preservados das heresias e do ateísmo.

Intenções para a Santa Missa em setembro

Em honra da Exaltação da Santa Cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo — festa que se comemora em setembro —, pedindo para todos os colaboradores, assinantes e leitores de Catolicismo o amor à Santa Cruz e as forças necessárias para suportarem corajosamente as cruzes que se apresentarem ao longo de suas vidas. Também pedindo graças especiais para que os brasileiros não aceitem o novo anteprojeto de Código Penal, que contém muitas normas opostas à doutrina moral da Santa Igreja.


-->