Setembro de 2007
Santos e Festas de Setembro
Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão
Santos e Festas do Mês

1

São Lobo
Bispo e Confessor

+ França, 625. Monge na famosa Abadia de Lérins, sucedeu Santo Artêmio na sé episcopal de Sens. O Rei Clotário — devido às más informações de seu emissário e do abade de São Remígio, que desejava ficar com a sé de Sens — baniu o santo bispo para uma área ainda pagã. São Lobo converteu o governador local e muitos proeminentes personagens à verdadeira fé, sendo então chamado de volta por Clotário, já melhor informado.

Primeiro Sábado do mês

2

São Guilherme
Bispo e Confessor

+ Dinamarca, 1070. Inglês, capelão do Rei Canuto, fez com ele uma viagem à Dinamarca. Impressionado com o lastimável estado de abandono dos pagãos, decidiu evangelizá-los. Eleito bispo de Roskilde, censurou energicamente o Rei Sweyn por ter executado muitos homens sem julgamento.

3

São Gregório Magno, Papa, Confessor e Doutor da Igreja

(Vide p. 36)

4

Santa Rosália, Virgem

+ Palermo, séc. XII. Era muito bela, e aos 14 anos a Santíssima Virgem recomendou-lhe que abandonasse o mundo, enviando dois anjos para guiá-la até uma gruta. Como os pais a procurassem na região, os anjos apareceram-lhe de novo e a levaram para o alto do monte Pellegrino, onde ela viveu na contemplação e penitência os 16 anos que lhe restaram de vida.

5

São Vitorino, Bispo e Mártir

+ Itália, séc. II. Bispo da cidade de Amiterno, por sua fidelidade a Cristo foi pendurado de cabeça para baixo sobre águas mefíticas e sulfurosas, entregando sua alma a Deus no terceiro dia.

6

São Magno, Confessor

+ França, séc. VIII. Discípulo de São Columbano, tinha um dom especial para afastar, com seus bastões, predadores e parasitas do campo. Após sua morte, vários desses bastões continuaram operando os mesmos prodígios.

7

Santa Regina de Alésia

Santa Regina de Alésia, Virgem e mártir

 

 

 

+ França, séc. II. Filha de um pagão, falecendo sua mãe, foi educada por uma cristã. Expulsa de casa pelo pai quando este soube que ela era cristã, foi morar com a mulher que a educara, trabalhando como pastora. Recusou-se a casar com o prefeito romano, e por isso foi aprisionada, torturada e decapitada.

Primeira Sexta-feira do mês

8

Natividade de Nossa Senhora

Também: Nossa Senhora da Luz, Nossa Senhora da Vitória, Nossa Senhora de Nazaré e Nossa Senhora de Monteserrate.

9

São Pedro Claver
Confessor

+ Cartagena (Colômbia), 1654. Apóstolo dos Negros, nasceu na Espanha e partiu para a então Nova Granada, dizendo: "Quero passar toda minha vida trabalhando pelas almas, salvá-las e morrer por elas". Foi o que fez por mais de 40 anos entre os negros, morrendo vítima de moléstia contraída ao atender empestados.

10

Santo Alberto
Bispo de Avranches

+ França, séc. VIII. São Miguel Arcanjo apareceu-lhe, pedindo a construção de um santuário a ele dedicado no Monte Tombe, no litoral da Normandia. Em 866, tal santuário tornou-se uma abadia beneditina, a famosa Abadia de São Miguel, considerada uma das maravilhas do Ocidente.

11

São Pafúncio, Confessor

+ Egito, séc. IV. “Monge, que se tornou Bispo da Tebaida e confessou a Fé sob o Imperador Maximino. As mutilações das quais foi vítima deram-lhe grande prestígio junto aos Padres do Concílio de Nicéia” (do Martirológio Romano – Monástico).

12

Santíssimo Nome de Maria

Festa instituída por Inocêncio XI para celebrar a libertação de Viena — que estava sitiada pelos turcos, em 1683 — efetuada por João Sobieski, rei da Polônia.

13

São João Crisóstomo, Bispo, Confessor e Doutor da Igreja

+ Armênia, 407. Um dos quatro grandes Doutores da Igreja Oriental, foi bispo de Constantinopla, notabilizando-se por rara eloqüência, de onde seu nome Crisóstomo (Boca de Ouro). Perseguido e desterrado pela Imperatriz Eudóxia, ariana, morreu a caminho do exílio.

14

Exaltação
da Santa Cruz

Festa que comemora a recuperação triunfal da verdadeira Cruz das mãos dos persas, em 630, pelo Imperador Heráclio, que a levou às costas de Tiberíades até o Calvário e a entregou ao Patriarca de Jerusalém.

15

Nossa Senhora das Dores

Festa instituída por Pio VII em 1814, em substituição a duas outras muito antigas, para rememorar as dores da Co-Redentora do gênero humano.

16

Santa Edite de Wilton

+ Inglaterra, 984. Filha do Rei Edgar, da Inglaterra, foi educada na Abadia de Wilton, onde mais tarde sua mãe também se fez religiosa. Professando aos 15 anos, recusou várias abadias e a tornar-se rainha, quando seu meio-irmão, Santo Eduardo Mártir, foi assassinado.

17

São Roberto Belarmino
Bispo, Confessor e Doutor da Igreja

+ Roma, 1621. Jesuíta, autor das admiráveis Controvérsias, obra em que refuta os sofismas protestantes. Foi Arcebispo de Cápua, Cardeal, consultor das principais Congregações Romanas e conselheiro de vários Papas.

18

São José de Cupertino
Confessor

+ Itália, 1663. Esse filho de São Francisco compensava abundantemente em inocência e simplicidade o que lhe faltava de dons naturais. Chamava-se a si próprio Frei Asno.

19

Santa Emília Maria de Rodat
Virgem

+ França, 1852. De nobre família, dedicou-se a preparar crianças para a Primeira Comunhão; e depois, com outras três companheiras, lançou os fundamentos das Irmãs da Sagrada Família, dedicadas à educação da juventude. Durante 32 anos conheceu terríveis provações, crendo ter perdido a fé e a esperança, e que se achava condenada. Nos últimos anos de vida, recuperou a paz interior e Deus lhe fez sentir sua amizade. Faleceu santamente, sendo canonizada por Pio XII em 1950.

20

Santo André Kim Taegon e Companheiros, Mártires da Coréia

+ Séc. XIX. Este sacerdote nativo sofreu o martírio, precedendo ao de missionários franceses, entre os quais dois bispos e muitos leigos convertidos por eles.

21

São Mateus, Apóstolo

 

 

 

 

 

São Mateus, Apóstolo

+ Antioquia, Séc. I. Deixou sua mesa de arrecadador de impostos em Cafarnaum, quando o Senhor, fixando-o, disse-lhe simplesmente: “Segue-me”. Foi o primeiro que, por inspiração divina, escreveu o Evangelho. Segundo a tradição, foi martirizado em Antioquia ou na Etiópia, onde teria instituído um convento de virgens.

22

Santo Emerano

 

 

 

 

 

Santo Emerano, Bispo e Confessor

+ Alemanha, séc. VII. Evangelizador da Baviera, seu nome permanece ligado ao da Abadia de Kleinehelfendorf.

23

Santo Adanano, Abade e Confessor

+ Escócia, 704. “O maior dos sucessores de São Columbano na direção da Abadia de Iona, na Escócia, exerceu benéfica influência sobre a Igreja e a sociedade de seu tempo” (do Martirológio Romano – Monástico).

24

Nossa Senhora das Mercês

25

São Cleofas
Discípulo de Cristo

+ Palestina, séc. I. “Morto pelos judeus na mesma casa onde preparara a ceia para o Senhor, porque havia professado sua fé n’Ele” (do Martirológio Romano).

26

Santos Cipriano e Justina, Mártires

+ Nicomédia, séc. IV. “Cipriano, que era mago, foi convertido pela graça sobrenatural da virgem Justina, que ele tentara em vão corromper através de seus sortilégios. Os dois sacrificaram a vida por Cristo” (do Martirológio Romano – Monástico).

27

São Vicente de Paulo
Confessor

+ Paris, 1660. Cognominado o grande Santo do grande século na França. Fundador dos Lazaristas e das Irmãs de Caridade. Praticamente não houve atividade religiosa ou de caridade a que não estivesse ligado.

28

Bem-aventurados Mártires do Japão

+ Séc. XVII. Vários religiosos agostinianos e seus catequistas, martirizados durante a perseguição entre 1617 e 1632.

29

Os três gloriosos Arcanjos
Miguel, Gabriel e Rafael

30

São Jerônimo

 

 

 

 

São Jerônimo
Doutor da Igreja

+ Palestina, 420. Nascido na Dalmácia, foi o oráculo de seu tempo e temível polemista contra os hereges. O Papa São Dâmaso confiou-lhe a tarefa de traduzir a Bíblia para o latim.

* * *

Intenções para a Santa Missa em setembro

Será celebrada pelo Revmo. Padre Davi Francisquini, nas seguintes intenções:

Rezaremos para que no Brasil cresçam ainda muito mais as reações ao aborto. A “cultura da morte” — segundo expressão do Papa João Paulo II para classificar a prática desse massacre de inocentes — infelizmente tem em nossa Pátria não poucos propugnadores, que insistem em apresentar projetos para legalizar essa nefanda e homicida ação, apesar da oposição da maioria da população brasileira. Que Nossa Senhora das Mercês converta tais propugnadores; ou então os isole, tornando sua atuação fracassada no solo pátrio batizado como Terra de Santa Cruz.

* * *

Intenções para a Santa Missa em outubro

Pedindo a Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil, cuja festa se comemora neste mês, que aumente o fervor religioso de seu povo. Que o torne forte e resoluto no combate a todo tipo de corrupção, sobretudo à corrupção moral que tanto enfraquece as almas, deixando as famílias vulneráveis à imoralidade.


Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão