HOME
Ação Contra-Revolucionária

Camping e estudos católicos

Luís Felipe Escocard.

Realizou-se nos dias 11 a 14 de junho mais um acampamento da Frente Estudantil Lepanto nos arredores de Brasília. Após a Santa Missa de Corpus Christi, 27 jovens partiram, aproveitando o feriado.

Na primeira noite, um “cavaleiro medieval” entregou os escapulários heráldicos, conclamando os jovens para uma verdadeira cruzada em prol de belos e elevados ideais, em um mundo onde reinam a impiedade e o desrespeito aos princípios católicos.

Nos dias que se seguiram, diversas palestras versaram sobre temas religiosos e históricos. Ao final de cada exposição, seguia-se um debate, valendo pontos para a equipe vencedora.

Numa representação teatral denominada O Celeste Pintor, inspirada numa conferência do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira, encenava-se a ordem católica medieval sendo destruída pelo multissecular processo revolucionário, que vem atacando os valores da civilização cristã.

As horas livres eram preenchidas por jogos diversos, sempre muito animados, destacando-se a caça ao tesouro, cujo enredo levou as equipes a mergulharem nos mistérios do Egito antigo. Os famosos jogos medievais e outras competições eram efetuados após o entardecer, sob a luz de tochas.

Todas as noites, um ato próprio de um acampamento católico: o terço rezado em conjunto. No último dia, foi recitado de forma solene, em cortejo, com a imagem de Nossa Senhora de Fátima iluminada por tochas.

Para concluir, um jantar especial, também à luz de tochas, seguido da entrega das lembranças.

voltar 1 | 2 | 3 | 4
-->