Site de bispos norte-americanos elogia filme homossexual
Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão
A Realidade Concisamente

-Reforma Agrária sob enquadramento militar

Tendo fracassado a Reforma Agrária socialista e confiscatória do Zimbábue, o ditador socialista Robert Mugabe mobilizou o exército. Como os assentados nada produzem, ele declarou-os “opositores de direita” e os submeteu ao regime militar, seguindo a lógica da Reforma Agrária soviética e chinesa. Porém, nem os soldados sabem o que fazer, disse à BBC um oficial do exército. Os hospitais regurgitam de desnutridos desesperados, sobretudo crianças. Um futuro análogo aguarda o Brasil, se algum dia a Reforma Agrária for implantada plenamente em nosso território.


EUA condenam o trabalho escravo na China

O Congresso norte-americano aprovou moção por 411 votos a 1 condenando a China comunista, devido ao trabalho escravo executado em seus campos de concentração. A moção pediu à comunidade internacional, notadamente à UE, que condene o sistema repressivo chinês, e solicitou ao governo americano aplicar a lei que proíbe importar produtos provenientes de campos de trabalho forçado. Também propôs que uma comissão estudasse toda a verdade da rede de escravatura socialista chinesa. O documento, porém, corre o risco de ser simplesmente arquivado caso a opinião pública mundial não cobre a sua aplicação. E o público não foi informado a respeito do assunto pela grande mídia. No Brasil, por exemplo.


Fruto da crise familiar: prostituição infantil

Quando tinha 13 anos, Justin Berry, residente em Bakersfield, na Califórnia, começou brincando com uma webcam conectada à Internet. Acabou sendo seduzido por adultos e se transformou num astro da prostituição infantil. Os pais não prestaram atenção nessa situação por causa de contínuas brigas que travavam entre si. Justin entrou numa ampla comunidade virtual de adolescentes conhecidos por camwhores (prostitutos de câmeras). Ganhou muito dinheiro, mas alguns anos depois tentou o suicídio. Por fim, preferiu denunciar clientes e métodos da Internet à polícia; deseja agora entrar numa faculdade. Infelizmente, poucas crianças que descambam para essa deplorável via acabam tentando se corrigir como Justin.

-
Site de bispos norte-americanos elogia filme homossexual

Inúmeros católicos americanos reagiram indignados quando o site da Conferência dos Bispos dos EUA teceu rebuscado elogio ao filme Brokeback Mountain (O segredo de Brokeback Mountain), que faz chocante propaganda das rellações homossexuais. Muitos grupos pró-vida e pró-família criticaram fortemente o péssimo comentário do site episcopal. Devido à reação provocada por tal elogio, o site mudou a classificação do filme de "audiência limitada" para "moralmente ofensivo". Numa atitude incompreensível, manteve entretanto os tortuosos elogios ao filme imoral.

***

-Mulheres prejudicadas pelos falsos “direitos da mulher”

Segundo o jornal médico britânico “The Lancet”, 10 milhões de fetos femininos foram abortados nos últimos 20 anos na Índia, em conseqüência dos incentivos oficiais ao controle da natalidade. Para se encaixar nos planos oficiais, os pais sacrificam as meninas, porque ao casar iriam ingressar em outra família; e só preservam meninos que possam trabalhar. O censo indiano verificou que hoje há apenas 927 mulheres para cada 1.000 homens. Mais uma vez, constata-se que a mulher é a grande vítima da contracepção, apresentada como um dos supostos “direitos da mulher”, proclamados de boca cheia pelos promotores do feminismo.

***

-Clonagem com células-tronco humanas: fraude

Chung Myunghee, da Universidade Nacional de Seul, denuncia a fraude
O único e pioneiro “sucesso” de clonagem humana a partir de células- tronco embrionárias, isto é, extraídas de fetos, revelou-se imensa fraude. A Universidade de Seul, onde ensinava o biólogo sul-coreano Hwang Woo-suk, concluiu que todos os seus resultados foram forjados, pediu sua destituição e seu indiciamento por desvio de fundos públicos. A famosa revista Science, que se deixara iludir, publicando artigo do falsário Hwang, retratou-se logo. No Brasil, meses atrás, foi aprovada a realização de experiências com células-tronco embrionárias. Servirá a fraude do biólogo sul-coreano como sinal de alerta para nossas autoridades, que aprovaram a eliminação homicida de embriões humanos, sob alegação de incentivo às pesquisas científicas?

-
Kit para o "suicídio assistido" à venda na Bélgica

Os farmacêuticos belgas já podem vender um monstruoso cocktail para a eutanásia, informou LifeSiteNews. Desde a aprovação do assassinato premeditado de doentes em 2002, já foram extintas 200 vidas. Agora, em virtude de nova regulamentação, o farisaico "suicídio assistido" tornou-se sinistramente acessível para todos. O kit da morte custa mais ou menos 180 reais e pode ser usado em casa. Esse coktail para a eutanásia constitui mais um amargo fruto do neopaganismo de nossos dias.

-
Especialista atribui quadro de macaco a pintor moderno

A doutora Katja Schneider, diretora do Museu Estadual de Arte de Moritzburg (Alemanha), olhou para o quadro e logo apontou o uso das manchas de cores. Garantiu então tratar-se de obra de Ernst Wilhelm Nay, pintor que ganhou o prêmio Guggenheim. Porém, a “obra” era de autoria da chimpanzé Banghi, do zoológico de Halle, na Alemanha, informou o diário “The Australian”. Segundo os guardas desse zôo, o aludido símio gosta de pintar, mas seus "quadros" são depois destruídos pelo chimpanzé Satscho. Eis aí a que situações degradantes para o espírito humano conduz a Revolução Cultural.

***

Breves Religiosas

-Filme sobre monges cartuxos lota cinemas na Alemanha

Cena do filme
O documentário O Grande Silêncio lotou cinemas na Alemanha. Com três horas de duração, retrata a vida dos monges cartuxos da Grande Chartreuse, na França. Os cartuxos constituem a mais severa ordem contemplativa católica. O cineasta Philip Groening esperou 17 anos pela autorização, viveu meses no mosteiro sem luz elétrica, viu os monges com seus hábitos sacrais entoarem cantos gregorianos durante as noites e saiu, segundo ele, mudado. O que causa tanta admiração nessa vida tão oposta à do mundo atual? É que no silêncio o Espírito Santo fala, e diz coisas de uma doçura que nossa era de comunicação frenética e global desconhece totalmente.

-
União Européia: fúria contra o catolicismo

O ministro de Justiça de Malta, Carmelo Mifsud Bonnici, anunciou que o país não se curvará à União Européia (UE), que exige a aprovação do divórcio e do aborto na ilha de Malta. A UE também ameaça processar a Espanha se prosseguir neste país a coleta de impostos para a Igreja Católica. Como se fosse pouco, Franco Frattini, comissário da UE, declarou no Parlamento Europeu que os países que não aprovarem o “casamento” homossexual e outros privilégios para os homossexuais serão punidos. O presidente do grupo interparlamentar para assuntos de homossexuais e lésbicas, o socialista Michael Cashman, propôs a expulsão das nações “homófobas”. Cashman é vice-presidente do grupo Gay & Lesbian Humanists, que prega guerra contra “a homofobia inspirada no catolicismo".


Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão