Dezembro de 2008
No Natal, mais de meio milhão de cartas para São Nicolau
Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão
A Realidade Concisamente

Pinheiro natalino empolga os alemães

No Natal, 88% dos alemães enfeitam suas casas com um pinheirinho. Eles gastam mais de 1,5 bilhão de reais em mais de 28 milhões de árvores tiradas de 38 mil hectares plantados para este fim — informou a Deutsche Welle. Muitas famílias derrubam a própria árvore. A variedade preferida é abeto do Cáucaso. A tradição de enfeitar árvores no Natal provém da Idade Média. A cidadezinha alsaciana de Sélestat é uma das que reivindicam a paternidade da tradição, segundo a qual, numa noite de Natal, o imperador Carlos Magno pernoitou na localidade e mandou ornar uma árvore para comemorar o nascimento do Menino-Deus. A partir de então, Sélestat instala solenemente uma árvore natalina na sua igreja principal.

 

 

No Natal, mais de meio milhão de cartas para São Nicolau

Na Alemanha, São Nicolau recebe 500 mil cartas enviadas por crianças cheias de esperança. Para atender esse afluxo, os correios alemães montam sete filiais natalinas. As cartas vão endereçadas a uma pequena cidade da Renânia do Norte-Vestfália, cujo nome significa Igreja do Anjo. Os pedidos afluem do mundo todo, e até em japonês, inglês, russo, chinês e português (e do Brasil). Dez donas-de-casa locais são responsáveis pela leitura dessa correspondência. As crianças recebem uma resposta-padrão, na qual o Menino Jesus agradece a iniciativa e envia uma pequena lembrança. Escrevem até aposentados e presidiários, “porque ficam alegres em saber que alguém lerá suas cartas”, explica Birgit Müller, uma das leitoras. Essas são algumas das doçuras que o Menino-Deus trouxe ao mundo. Entretanto, esse mesmo mundo está cada vez mais longe d’Ele...

 

 

Ônibus de luxo para cães e gatos

Imagine que uma empresa de ônibus urbanos ofereça uma linha de seus veículos com cabine individual, janela exclusiva, carpete, ar condicionado, aquecimento, toilette, som ambiente com música clássica, guloseimas e objetos de entretenimento. Tudo a preço bem salgado. Não faltaria algum demagogo que visse nisso uma desigualdade odienta, criada pela “classe média” rica, “branca”, com espírito encharcado de discriminação e preconceito. Entretanto essa linha existe! Só que para cães e gatos. É a alemã Pfötchen-Express. Ela leva e traz esses animais para um hotel destinado a bichos perto de Berlim, dando-lhes também alimentação, banho de piscina e acompanhamento numa “escolinha”. A notícia só não fala de “psicólogo”. Sendo animais, os demagogos não reclamam. Dois pesos e duas medidas...

 

 

Não há provas de que o homem cause aquecimento da Terra

31.072 cientistas participantes no Global Warming Petition Project recusam a presunção de que o “aquecimento global” se deva à atividade humana. Entre eles há autoridades em dezenas de especialidades. Eles assinam uma declaração que diz: “Não há provas científicas convincentes de que a produção humana de dióxido de carbono, metano ou outros gases-estufa esteja causando ou venha a causar num futuro previsível um aquecimento catastrófico da atmosfera da Terra e o desequilíbrio do clima da Terra. [...] Mais ainda, há provas científicas substanciais de que o aumento do dióxido de carbono na atmosfera produz efeitos benéficos nos ambientes naturais das plantas e dos animais na Terra”. Porém, o fanatismo ecologista, sobretudo de certa mídia, abafa este apelo da ciência e do bom senso.

 

 

Piercings fazem mal à saúde dos que se escravizam a essa moda

O piercing pode trazer risco relevante à saúde, não só moral e psíquica. 15% dos jovens que o usam precisaram de atendimento médico por causa de dores, febres, infecções e inflamações. 15% não têm coragem de se fazer tratar. O “British Medical Journal” publicou um levantamento apontando essas e outras conseqüências lastimáveis. Segundo o relatório, 50% das perfurações da língua degeneram em problemas dolorosos e infecções, que podem chegar à endocardite bacteriana (uma infecção do tecido cardíaco). Nos furos dos piercings podem se formar quelóides — cicatrizes anômalas que não param de crescer. Em São Paulo, dezenas de vítimas precisaram de auxílio médico para reconstituir a orelha ou o nariz, por terem portado esse sinal de escravidão.

 

 

Jovens impediram profanação da Sé de Neuquén (Argentina)

Em 17 de agosto último, uma centena de jovens católicos argentinos evitou que a catedral de Neuquén (capital da província onde fica Bariloche) fosse profanada por uma passeata de abortistas, lésbicas e feministas. Pablo, que foi um desses jovens, declarou: “Tudo durou uma hora e quarenta minutos. Foi terrível. Berravam, cuspiam, jogavam latas, aerossóis e pedras, rasgaram a bandeira argentina e atearam fogo nela. Nós só rezávamos a Ave-Maria sem parar. Pedindo por cada criança abortada, pela Igreja e em reparação pelas blasfêmias”. Milhares de pessoas viram o filme na Internet, e muitos concluíram que a agressão abortista-feminista mostra a influência de Satanás na vida hodierna.

 

 

Cruéis perseguições aos católicos da Índia

Seis bispos de Orissa (Índia) assinaram uma carta pastoral denunciando os morticínios de católicos que vêm ocorrendo na região há vários meses (ver nossa edição de novembro). Eles comparam os ataques sistemáticos dos pagãos indianos com as perseguições sofridas pelos primeiros cristãos no Império Romano, pela sua fidelidade à Igreja Católica e a Nosso Senhor Jesus Cristo. A “história mostrou que aquela perseguição, em última análise, reforçou a Igreja”. O caso patenteia mais uma contradição da esquerda católica: proclama-se a favor dos perseguidos, marginalizados, dos que sofrem injustiça. Seria, pois, o momento de ela elevar a voz no Brasil e no mundo em prol de nossos irmãos na fé, perseguidos na Índia, vítimas das piores formas de injustiça e de violência. Porém, ela permanece em silêncio. Na verdade, as razões que a esquerda católica aduz a favor dos “marginalizados” são meros pretextos para promover a revolução socialo-comunista.

 

 

Breves Religiosas

 

Colômbia se consagra ao Imaculado Coração de Maria

A Colômbia renovou este ano a Consagração ao Sagrado Coração de Jesus realizada em 1902, acrescentando também, pela primeira vez, a Consagração ao Imaculado Coração de Maria, em cerimônia na catedral de Bogotá. Tal consagração foi efetuada pelo cardeal-arcebispo da capital colombiana, e dela participaram importantes políticos e altos comandantes militares. A idéia de incluir a consagração ao Imaculado Coração de Maria era pleiteada havia mais de 20 anos por cerca de quatro mil grupos marianos do país. Por fim, felizmente, foram atendidos.

 

 

Kazakistão: catedral em antigo campo de concentração

Na cidade de Karaganda, capital do Kazakistão, segundo a agência vaticana Fides, será inaugurada uma nova catedral dedicada a Nossa Senhora de Fátima. Durante mais de 50 anos o comunismo tentou apagar a fé no país. A região virou “um imenso campo de concentração”, para o qual foram deportadas milhões de pessoas de 120 etnias. Ali foram martirizados inúmeros católicos, entre os quais o Pe. Alexis Saritski, beatificado em 2001. A nova catedral, construída em estilo gótico e revestida com pedras do Cáucaso, honrará a memória desses mártires. Fiéis de todo o mundo, organizados por campanhas como a da italiana Luci sull’Est, obtiveram os recursos para esta vitória de Nossa Senhora de Fátima.


 

 

 

 

Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão